domingo, 10 de maio de 2009

Huguinho, Zezinho, Luizinho e o tamanho da “coisa”

Edição de Artigos de Domingo do Alerta Total http://www.alertatotal.blogspot.com

Adicione nosso blog e podcast aos seus favoritos.

Por Jorge Serrão

A Velha Guerreira Hebe Camargo, loiruda fogosa de 80 aninhos, ganhou de presente dos apresentadores Angélica e Luciano Huck o “The Big Pênis Book”. O erótico livro da editora alemã Taschen, em suas 380 páginas, exibe o instrumento fotografado em variadas poses, tamanhos e épocas, desde os anos 40. Confesso, penitenciado, que não li, não vi e nem quero ver a obra recomendada para “entendidos”, especialistas médico-estéticos ou admiradores do picante assunto.

Mas, sem sacanagem, quem merecia ganhar um exemplar do livrinho de presente são os comandantes de nossas Forças Armadas. Afinal, amadas ou não por revanchistas ideológicos, elas merecem tudo, menos um consolo diante da atual conjuntura. Os bravos integrantes do Exército, Marinha e Aeronáutica parecem desarmados criticamente para encarar a guerra assimétrica movida pelos inimigos da soberania nacional. Sempre estimulados pelo viagra do globalitarismo, violentam quem tem a missão de defender a Nação.

Voltemos à obra alemã que retrata a situação brochante do Exército Brasileiro - em sentido denotativo, mas simbolicamente real. Só os militares-melancia (verde-oliva por fora, e vermelhos por dentro) se divertem com tanta sacanagem. Os militares verde-amerelos sobrevivem na penúria há anos. Agora, para piorar, o Ministério da Defesa ainda os golpeia com cortes orçamentários de 40% na verba para novos recrutas e de 50% na alimentação da tropa. Como diria o caboclo alemão, é P... das grandes.

A coisa já não andava mole para os militares há décadas. Mas ficou mais dura sexta-feira de manhã. Dois margiranhas, elegantemente vestidos de terno, penetraram no subsolo do Forte Apache. Foi mais um golpe dos bandidos para violentar a boa imagem da Força Terrestre. O ataque à sede administrativa do Exército, onde trabalham 5 mil servidores militares e civis, teve destaque no Jornal Nacional.

Vale repetir a notícia triste. Dois bandidos invadiram o Quartel-General do Exército, lá na Ilha da Fantasia dos políticos, projetada pelo centenário arquiteto capimunista Oscar Niemeyer. Do local supostamente seguro, agência do Bradesco, no subsolo, os ladrões profissionais amarraram um General e um bancário e fugiram com apenas R$ 8 mil reais. O banco não tinha seguranças particulares por questões óbvias: ficava em um lugar seguro por militares. A câmara que deveria filmar a ação dos ladrões, estranhamente, estava “em manutenção”.

Na verdade, quem precisa passar por uma manutenção urgente é a mentalidade dos militares brasileiros. O fato de terem perdido a guerra ideológica pós-64 parece ter transformado a maioria dos oficiais em acuados funcionários públicos fardados. Aceitam, passivamente, restrições orçamentárias. Reagem defensivamente – e não à altura - contra ataques à imagem institucional – como o assalto ao depósito de armas de Caçapava (SP), dois meses atrás, e ao incidente de ontem.

Alguns militares mais corajosos – e ficam mais destemidos ainda quando passam para a reserva - já cansaram de denunciar à Nação a maléfica e bem orquestrada campanha contra as Forças Armadas. O objetivo é desmoralizar, enfraquecer e desmotivar os militares. Tudo para deixá-los acuados e retirá-los das grandes decisões políticas da Nação. O mais grave é que militares, sem experiência em combate, acabam facilmente iludidos ou anulados pelos cantos das sereias.

Temendo levar o carimbo de “golpistas”, imposto pelos inimigos do Brasil, os militares adotam o silêncio obsequioso como arma defensiva. Tal comportamento acaba interpretado pela opinião pública como sinônimo de indiferença, acomodação ou concordância com o caos reinante. Legiões amedrontadas não combinam com a História do Brasil. Militar não tem de dar golpe. Seu papel, agora, é a constitucional Garantia da Lei e da Ordem - por eles conhecida pela sigla GLO. Militares podem tudo. Menos passar recibo de otário ou de traidor da Pátria. Isto não combina com o juramento deles.

Quinta-feira passada, o auditório do próprio Clube Militar serviu de palco para mais um espetáculo de ilusionismo produzido pelo poderoso titular do Ministério da Defesa. O evento foi assistido por centenas de militares da ativa, devidamente fardados, das três Forças. Nelson Jobim encenou uma conferência de mais de quatro horas para vender as vantagens da Estratégia Nacional de Defesa. Visivelmente irritado com uma pergunta do debate, Jobim chegou a afirmar que seria um axioma a estratégia do Diálogo Interamericano para enfraquecer as Forças Armadas brasileiras. O pior é que muito milico embarca neste papo. Por conveniência ou por conivência.

A END mais parece o famoso Manual do Escoteiro Mirim dos sobrinhos do Pato Donald. Não tem consistência. É um emaranhado de promessas e boas intenções. Só que o inferno está cheio delas! Triste é ver Huguinho, Zezinho e Luizinho comandando as tropas e acreditando que o FIM será feliz. Ilusão dos lobinhos, malvadeza do Lobo Mau...

Os lobinhos – incapazes de enxergar a realidade diante de suas fardas - não percebem que o Lobo Mau está pegando a vovozinha (aqui entendida como a soberania nacional). Ou será que os bobinhos das Legiões fingem que não estão vendo a realidade objetiva? Falando duramente, a END parece perfeitamente retratada no livrinho que a Velha Guerreira Hebe ganhou de presente.

Será que os lobinhos ainda não constataram que a “máquina” do Lobo é enorme e potente, capaz de estragos irreparáveis para a Nação e seus objetivos nacionais permanentes? Será que os escoteiros-mirins acreditam que os caçadores vão aparecer, um dia, para salvar a Vovó? Será que eles só vão gritar de verdade quando o negócio doer e não tiver mais jeito? Se isto acontecer, pode ser tarde demais para pedir socorro. O coturno terá apodrecido no brejo.

Este artigo - um pouco grande e grosso - certamente provocará reações nas Legiões. Depois de escrevê-lo, só espero que os militares de bem me perdoem e compreendam. E desejo que o nobre Esculhambador-Geral da República, macaco José Simão, me indique para o cargo de “Cutucador-Geral da República” - com direito a jetom de conselheiro de administração da Petrobrás.

Apenas para não assustar alguns melancias plantados no Ministério da Defesa, eu juro, solenemente, não penetrar em qualquer unidade militar, enquanto estiver investido do cargo. Não vale a pena provocar um estrago mais profundo que o já gerado pela guerra assimétrica contra os guardiães constitucionais da soberania nacional.

Os cidadãos de bem deste País esperam uma reação de consciência, em nome da garantia constitucional da lei e da ordem. Eis uma missão para combatentes comprometidos com o Brasil - e não para aprendizes de lobinhos iludidos pelo papo sedutor do Lobo Mau.

Jorge Serrão, Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor, é Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. http://alertatotal.blogspot.com/ e http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 10 de Maio de 2009.

19 comentários:

Anônimo disse...

Concordo na totalidade! Registro ainda que os comunistas, em seu discurso de propaganda e agitação, apropriaram-se das definições de "humano", "democracia", "estado de direito", como se fossem seus princípios e objetivos! É risível quando falam de terrorismo, sem lembrar que este é o fundamento de sua política.
A indignação do Alerta é a indignação e estupefação de todos que são conscientes e melhor informados sobre a realidade deste país.

filoxera disse...

Seu artigo não vai incomodar militar algum. Estão castrados e optaram por serem covardes,como todo bom funcionario publico. Vão comer na mão do jobim, como bons cachorinhos domesticados abanando a cauda de satisfação e a nossa soberania não vale equer um pato de sopa ou uma cerveja no bar da caserna.

Anônimo disse...

Como defender a Lei e a Ordem com um Regulamento que é ilegal. O RDE é ilegal, pois afronta a constituição. Recentemente, na Marinha, um sargento foi preso porque fez um concurso público e foi aprovado !
Primeiro organizamos a regra do jogo democrático, depois sim creio que podemos fazer algo para o País, longe de ilegalidades.

Anônimo disse...

Nobre Serrão

Sua luta é a de um patriota leal e destemido, um verdadeiro BRAVo como muitos outros que se opoem a desintegração pelas mãos dos traidores e melancias assumidos e descarados. O Brasil esta sob a total subjugação de uma gang de corruptos e criminosos liderados por LUla da Silva, não há nenhuma só instituição que não esteja corropida e aparelhada pelos facinoras do Pt e seus cumplices.
Porem a mais nojenta, podre e vergonhosa é a COVARDIA e CONIVENCIA das FFAA brasileiras com estes traidores do BRASIL.
LITERALMENTE não há mais FFAA no BRASIL e sim um bando de bonecos fardados enfeitando portas de quarteis e para servir de vigias e cães de guardas dos gangsters no poder. O EXERCITO DEU AS COSTAS PARA O POVO BRASILEIRO e virou milicia protetota de corruptos e bandidos. OS FATOS DO COTIDIANO NÂO NEGAM ESTA REALIDADE>
o BRASIL esta a merce do ditador lula e seus terroristas delinquentes.
ESTAMOS sozinhos.

Blog de um Brasileiro disse...

Só quero ver quando Hugo Chavez resolver invadir o Brasil...
Um país continental como o nosso, desprovido de segurança completa, com fronteiras abertas para a ação de traficantes e contrabandistas. É realmente aterrador. Dá para fazer uns contos quase "Alanpoéticos" com isso.
Mas confesso que seu texto foi bem em cima. Vai perturbar muita gente.

Militar disse...

Caro Serrão, infelizmente na atual conjuntura dos acontecimentos, se analizando uma linha do tempo, sou obrigado a concordar com seu ponto de vista em número, gênero, grau, virgula por virgula, pena que isso não esta na capa do Globo, da Folha ou do Correio Brasiliense. Até digo mais, o titulo do artigo poderia ser também....os três patetas.

pedrao disse...

seu artigo é muito bom e elucidativo espero que mexa com vc quer mas, acho que ficará tudo antes no quartel de abrantes.

pedrao disse...

seu comentário é excelente e espero que mexa com as mentes ivedntivas de lá, mas acho que "ficará tudo antes como no quartel de abrantes"

JESUS ESTÁ VOLTANDO disse...

ST IVANILDO
O EB OU AS FFAA DE HOJE SÃO COMANDADAS POR MANUAIS E REGULAMENTOS DO PASSADO
AS FFAA NÃO TEM DOUTRINA PARA COMBATER O ROUBO O TÁFICO OU O TERROR .
NÃO ESTÃO PREPARAOS PARA GUERRA ASSIMÉTRICA.
SOMENTE QUANDO RECEBE UMA MISSÃO ESPECIFICA COMO COMBATE EM LOCALIDADE OU MISSÃO NO EXTERIOR
BASTA LEMBRAR O OFICIAL DA AMAN, ENGOLIDO E DESTRUIDO PELO O SISTEMA , O ASSALTO BEM SUCEDIDO EM CAÇAPAVA, ESTE ULTIMO NO EB "FORTE APACHE " BRASILIA ENTRE OUTROS E OUTROS QUE VIRÃO.
MAS LOGO SERÃO CAPTURADOS , POIS O SERVIÇO DE INTELIGENCIA DO EB É MUITO EFICIENTE.
POREM TEM QUE EVITAR A DESMORALIZAÇÃO, PARA NÃO GERAR DESCRÉDITO NA POPULAÇÃO

Anônimo disse...

Parabéns pela coragem..acredito que com o humilhante assalto alguns bravos militares reagirão à altura da ofensa praticada contra a classe. Nenhum civil e que não entende nada de caserna pode ser ministro da defesa e querer ditar cátedra a generais etc...Também pode ser que os políticos acordem agora que a violência está chegando em suas barbas, tomem vergonha e modifiquem nosso obsoleto código penal. No mínimo a pena de prisão perpétua , com trabalhos forçados deveria haver para crimes hediondos, pode crer que a cadeia não assusta a bandidagem, o trabalho sim....um grande abraço

Anônimo disse...

Caro
Serrão seu comentario está 1000%correto !!que vergonha que passamos !!!

Esperança disse...

Que decepção para nossos héróis de 64.

Roberto Bendia disse...

Caro Serrão

Parabéns pela sua redação. Texto excelente e consistente. Tenho acompanhado seus textos pelos e-mails que chegam a mim. Só vejo um defeito: o autor é Flamengo...

Alías, estou procurando o hino do Flamengo em formato wave para compor um PPS sobre as glórias de seu clube e presentear amigos flamenguistas.

Saudações

Roberto Bendia
Editor do Jornal dos Amigos

DEFENSORES DE PONTEZINHA disse...

Ainda tem gente que me acha muito agressivo quando me refiro as autoridades e políticos. Estamos entregando nosso país as quadrilhas, mais foi assim que nosso povo quis, a democracia plena para não dizer liberdade plena, somos governados por um homem do povo, pelo povo para o povo, dele. E assim vai acabar nosso país, na zona, antes éramos apenas copiadores de outros povos agora seremos a lata de lixo do mundo, pelo menos no que se refere a prostituição, drogas, corrupção e falta de vergonha.
Nosso povo não tem mais vergonha na cara somos apenas um bando de covardes assistindo rindo o BBB da vida real.
Um país que é o verdadeiro BBB - do mundo: Big Bordel Brasil
Mais é um exemplo de democracia para o mundo, nosso presidente era um torneiro mecânico, só não dizem que trabalhou apenas seis meses, cortou o dedinho para ser aposentado, e como fala bonitinho e engana tudo que é trouxa, é o presidente do BBB, e para provar que o povo e trouxa, nossa primeira dama já deixou limpo o caminho para a hora da fuga caso fosse necessário, o que não será, pois quem deveria defender a honra a soberania da nação esta mais comprometida com o governo do "povo" que banqueiro de bicho com a PF.
Apesar de que em futuro próximo eles serão substituídos pela milícia popular, ai vai ficar bonito, general batendo continência para assassino, desculpe o erro, isso já acontece.

Sobre Raposa Serra do Sol

Depois dessa que adianta dizerem que ainda estão vivos?
Depois disso quem ficará tranqüilo?
Depois disso, quem acredita que o Brasil é um país soberano?
Depois disso, quem acredita que alguma coisa impedirá a fragmentação territorial brasileira, a partilha do país, em lotes a serem adquiridos por potências estrangeiras, disfarçadas de ONGs protetoras dos direitos dos índios.
Depois disso, que terá coragem de dizer que as FARC, e outros grupos guerrilheiros já não dominam parte do que antes era Brasil.
Depois disso, qual General dirá que “O braço forte a mão amiga” esta alerta e capacitada a defender a nação?
Brincadeira tem hora.

Ao General Torres de Melo – Grupo Guararapes.

Caro amigo! Receio até por minha segurança, minha indignação é tanta que aparentemente passei do limite aceitável e estou sendo alvo dos políticos aqui da minha terra, vereadores e prefeito. A sujeira se acumula em todos os lugares, das câmaras de vereadores à presidência da república.
Guardava ainda a esperança de ver que o povo podia contar com as FA, porém, o medo do julgamento popular, que nem sempre é verdadeiramente popular mantém todos nas casernas, ou de bico calado como ordenou o ministro.
Aquela casa não é mais do povo, lá não se defende os interesses dele ou da nação, todo que é feito ali, é fétido, tem uma única razão, dinheiro.
Melhor correr o risco de ser taxado de opressor que de covarde, a aceitação da situação por parte das FA é inaceitável.
Lá nada mais existe que não seja podre, vou lhe dar um exemplo:
Sempre trabalhei em empresas privadas, numa delas, descobri que o patrão usava da desonestidade, perdi três anos de minha vida mais pedi demissão alegando motivos particulares, quinze dias depois o esquema foi descoberto e ele foi preso, com e alguns funcionários até inocentes, liberados depois, mais a vergonha em sair algemado por roubo é inesquecível pelo menos para quem tem vergonha.
Baseado nesse exemplo, não acredito que lá exista um sequer de moral ilibada, pois se existisse sairia, o povo entenderia, mais é difícil, ninguém quer largar o osso, diferentemente de tempos passados, não se atingirá a honra da “Casa do povo”, simplesmente porque ela já não existe, de ontem em diante, é apenas mais um núcleo de corrupção, e perigoso, pois os que lá estão venderiam até as mães em troca de benefícios e poder, imagine o país. Estamos caminhando para isso as FA assistindo, e como a obediência é a base da disciplina militar, sem protestar ou reagir. Os “eu reajo” são de reservas ou civis que sem o apoio das FA, não terão uma chance sequer.
E tudo está traçado, se as FA reagirem, um pulinho para a Venezuela, uns dias por lá e depois apoiado pelo amigo e pelos cúmplices das FARC, PCC, MST e outros o retorno, para abafar a ação criminosa cometida contra a democracia.
Talvez seja isso que esteja aquartelando nossos briosos combatentes, desta vez não será tão rápido ou incruento. Deixaram que se organizassem demais, que as FA fossem sucateadas. O preço do retorno à democracia de fato e direito agora será alto.

http://albertofigueiredo.blogspot.com/
www.albertofigueiredo.xpg.com.br

Anônimo disse...

Julgo interessante o seu artigo, mas sem o apoio incondicional da MAIORIA ESMAGADORA DA POPULAÇÃO não há nada a fazer no momento...
O que vc gostaria que os militares fizessem???

Anônimo disse...

Após a entrada, pela janela diga-se de passagem, de José Sarney no comando ou descomando desta Nação, a quase totalidade dos segmentos da sociedade brasileira aderiram à campanha de desmoralização das Forças Armadas e torna-se engraçado constatar que é o mesmo pessoal que suplica agora para que a Instituição tome uma providência. O que eu gostaria de saber é de que lado estão essas pessoas.
O que o Brasil precisa não é de uma intervenção das Forças Armadas, mas sim de pessoas que não sejam movidas por interesses as aquais colocam no poder pulhas, pivôs de escândalos diários na presidência, congresso, senado, assembléias, câmaras, etc, etc, etc, esperando que esses tenham um poder mínimo para desfrutarem dos benefícios daquele cargo. Precisamos de uma sinergia de toda a sociedade que realmente se comprometa com a questão "Brasil".

Anônimo disse...

Eu não diria, Huguinho, Zezinho e Luizinho, e sim chamariam de os "TRÊS PATETAS". Lembram-se desta frase? Poi é! até hoje ainda é muito atual. A situação das FFAA é irreversível, há não ser que volte a funcionar a antiga Escola Militar de Realengo. Como isto é impossível, só nos resta esperar para ver o que vai acontecer. Ou será que nas FFAA existem "COMANDANTES LIDERES" de peito erguido e cabeça levandata capazes para liderar algumas coizitas (Revolucione)?
Duvido muito!!!!!!!!!!!

Unknown disse...

Caro professor Serrão "Mkt tudo", tudo bem?
Gostaria o SR.colocasse no seu bloq uma enquete rapída, para saber a opinião dos seus leitores sobre o artigo que saiu no jt 15/05/09 sobre a Fonte ecológica e tinta sólida no escritório
veja parte artigo:
As impressoras entraram na onda da economia. A agência de comunicação Spranq, da Holanda, desenvolveu a Ecofont, um tipo que economiza 20% de tinta na impressão. O design das letras e números apresenta pequenos círculos em branco, que dispensam o pigmento sem perder a legibilidade. Dá para baixar em www.ecofont.eu.
Desde um grande abraço e nos encontramos em sala de aula!

Financeiro Online disse...

Parabéns pela coragem..acredito que com o humilhante assalto alguns bravos militares reagirão à altura da ofensa praticada contra a classe. Nenhum civil e que não entende nada de caserna pode ser ministro da defesa e querer ditar cátedra a generais etc...Também pode ser que os políticos acordem agora que a violência está chegando em suas barbas, tomem vergonha e modifiquem nosso obsoleto código penal. No mínimo a pena de prisão perpétua , com trabalhos forçados deveria haver para crimes hediondos, pode crer que a cadeia não assusta a bandidagem, o trabalho sim....um grande abraço