domingo, 3 de maio de 2009

O golpe do linfoma entreguista

Edição de Artigos de Terça-feira do Alerta Total http://alertatotal.blogspot.com

Adicione o blog e podcast a seus favoritos.

Por Jorge Serrão


O Alerta Total já antecipou, na edição de 29 de abril do ano da graça de 2008, mas repete para refrescar as memórias mais frágeis. Como Lula não conseguiu viabilizar o terceiro mandado, que sempre jurou não querer, tem tudo para armar uma tacada de mestre em sua sucessão de 2010. O chefão pode renunciar seis meses antes de terminar seu segundo mandato presidencial. Lula já planeja a volta a Presidência em 2014.

O golpe de mestre é simples. Lula passa o cedro ao vice e amigo José Alencar - que luta contra um câncer, a exemplo, agora, da candidata predileta Dilma Rousseff. Se concorrer ao Senado, Lula conquista, facilmente, uma das duas vagas em disputa pelo Estado de São Paulo. Livre para fazer campanha, sem impedimentos legais, o Sapo Boi Barbudo tem todo cacife para fazer sua sucessora na Presidência da República.

O bolcheviquepropagandaminister funciona a pleno vapor para promover a imagem de Lula e os linfomas que o acompanham no poder. Os brasileiros só acham que tudo está uma maravilha com Lula porque a farra do crédito nada fácil a juros altos permite um aumento do consumo das classes D e E, e até mesmo da classe média. Para as classes A e B a situação é boa também, porque nunca se ganhou tanto dinheiro com negócios especulativos, no mercado financeiro, como neste segundo mandato de Lula.

Os mais favorecidos economicamente podem não gostar do sindicalista no poder. Mas apreciam os lucros que vêm obtendo com a política econômica tocada por seu desgoverno que é contra a soberania nacional, contra o progresso, contra a paz social, contra a integridade do patrimônio nacional e, sobretudo, contra a democracia – pois não temos a mínima Segurança do Direito Natural. Basta ver agora o entreguismo do petróleo que se espera explorar no pré-sal.

Alguém duvida que o marco regulatório será escrito conforme os interesses da BG Group plc (mais conhecida como British Gas) que é a “sócia” (ahahahahahah) do Brasil no empreendimento? Ou alguém acha que Lula foi posto sentadinho, à toa, ao lado da Rainha da Inglaterra, na foto dos líderes do G-20? A família da Elisabeth II é uma das maiores controladoras da empresa de exploração de óleo e gás. Faça-se justiça histórica: quem merecia sentar ao lado da soberana britânica é FHC.

Afinal, foi o nobre Príncipe dos Sociólogos o responsável pela quebra do monopólio da Petrobrás que o pai dele, General Leônidas Cardoso, um patriota de verdade, lutou para conquistar, na década de 50. Na missão de entregar nosso petróleo, FHC teve a fundamental ajuda de seu genro David Zylbersztajn, então casado com a filha Ana Beatriz Cardoso. Por ironia da história, Zylbersztajn foi membro ativo da corrente política Reconstrução do Partido Comunista, ligada, na década de 70 e 80 ao lendário Luiz Carlos Prestes, que também defendia o monopólio estatal do petróleo.

Sogro e Genro, no poder da República e da Agência Nacional de Petróleo, viabilizaram, via leilões, a entrega da rica área do pré-sal aos bondosos ingleses. Merecem um título de Sir do Entreguismo. Desde 2002, David é sócio da DZ Negócios com Energia - uma empresa de desenvolvimento de oportunidades, focada na indústria brasileira de eletricidade, petróleo e gás natural, com escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. David entrou para a história quando abriu o setor de petróleo. No dia 15 de junho de 1999, Zylbersztajn soltou a frase histórica que o imortalizou perante investidores estrangeiros: “O petróleo é vosso”...

Os donos agradecem eternamente. O Chief Executive Officer do BG Group, Frank Chapman, comentou, publicamente, na sexta-feira passada, que a Bacia de Santos será uma das principais fontes de petróleo por décadas que virão. O BG tem interesse direto em cinco concessões para exploração em águas profundas na Bacia de Santos: BM-S-9, 10, 11, 50 (operadas pela Petrobras) e BM-S-52 (operada pelo próprio BG Group).

BG Group também tem interesses operacionais na BM-S-13 and BM-S-47. Além disso, tem a concessão onshore (em terra) para exploração da BT-SF-2, na Bacia do São Francisco, nas Minas Gerais. No Brasil, o BG Group controla 60,1% da Comgas – maior distribuidora de gás natural do País, privatizada pelos tucanos paulistas. A BG comanda o gasoduto Bolívia-Brasil. Graças a eles, os brasileiros pagam “baratinho” pelo gás natural...

Por isso, nada mais justo que os britânicos da BG dêem uma forcinha, nos bastidores, na campanha da Dilma. Até porque, a eterna guerrilheira que agora luta contra um linfoma é a presidente do Conselho de Administração da Petrobrás. Fazem companhia a Dilma neste estratégico conselho o presidente da Febraban, e do Banco Santander, Fábio Barbosa, o empresário Jorge Gerdau e até o General Francisco Albuquerque – ex-comandante do Exército Brasileiro – guardião constitucional da soberania nacional.

Câncer do entreguismo à parte, poucos conseguem perceber que Lula é aquele pai que joga o País pela janela todos os dias, mas que jura que não matou a criança. E as pesquisas amestradas de opinião e o trabalho de marketagem propagado pela mídia bem paga e amestrada não só colaboram para sua absolvição prévia, como ainda emprestam cada vez mais popularidade e consistência à imagem pública do algoz da Nação Brasileira.

Conclusão: País de bêbedo entreguista tem dono. A Oligarquia Financeira Transnacional bota suas marionetes sempre “bem na foto” (quando dá, até ao lado da Rainha...). Os donos do mundo apoiarão Dilma para Presidenta. Também apostam no Serginho Cabral para vice. Mas manterão vivo, até quando for interessante, o nome de Aécio Neves, como alternativa. E Lula para o Senado é outra alternativa interessante ao Poder Real Global. O golpe do linfoma entreguista já está em andamento, a pleno vapor.

Jorge Serrão, Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor, é Editor-chefe do blog e podcast Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos. http://alertatotal.blogspot.com/ e http://podcast.br.inter.net/podcast/alertatotal

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 03 de Maio de 2009.

11 comentários:

Anônimo disse...

O pior é que suas profecias, Serrão, são hoje tão evidentes que a gente não tem como procamá-lo "Novo Profeta do Apocalipse" num país onde a maioria nem sabe o que é profecia, nem muito menos Apocalipse ou prá que servem esses nomes esotéricos.

Anônimo disse...

MANIFESTO À NAÇÃO BRASILEIRA



CONTRA O TOTALITARISMO BOLIVARIANO



O Brasil está diante de uma grande ameaça. A soberania e a segurança nacionais estão sendo séria e gravemente solapadas por uma Revolução totalitária, de molde nazi-fascista, denominada BOLIVARIANA, ainda que em nada represente os ideais de Bolívar. Tal Revolução se expande por toda a América Latina, destruindo a liberdade, a democracia, a propriedade privada, o Estado de Direito e os mais elementares direitos humanos. Ela foi gestada no FORO DE SÃO PAULO e mantém estreitos vínculos com o narcotráfico, o terrorismo e o fundamentalismo islâmico.



Existem numerosas evidências de que este modelo revolucionário em curso já está operando ativamente no Brasil. Por isso, reunidos na Cidade do Rio de Janeiro, aos 27 de abril de 2009, decidimos constituir um capítulo brasileiro da UNIÃO DAS ORGANIZAÇÕES DEMOCRÁTICAS DA AMÉRICA – UNOAMÉRICA, cujo objetivo é a defesa da liberdade e da democracia seriamente agredidas hoje por organizações totalitárias de origens ideológicas as mais diversas e unidas entre si, demonstrando que a barbárie do nazi-fascismo continua unindo esquerda e direita.





Mediante o presente manifesto, fazemos um chamado a todos os segmentos democráticos do Brasil e às instituições nacionais para organizar um grande movimento de unidade nacional que defenda a soberania, as tradições, os princípios e os valores que com tanto sacrifício nos legaram todas as gerações passadas.



Como nossa primeira ação, propomos a realização de um esforço comum para impedir a visita do ditador iraniano Mahmoud Ahmadinejad, que publicamente vem lutando para varrer Israel da face da Terra, negando o Holocausto e pretendendo exportar o anti-semitismo e o terrorismo islâmico para a América Latina, apoiado pelo seu amigo Hugo Chávez.





Finalmente, nos comprometemos a trabalhar pela elaboração de um projeto de desenvolvimento econômico, cultural, científico-tecnológico, social e militar que permita elevar as condições sociais de todos os brasileiros, por considerarmos que a pobreza deva ser erradicada da América Latina, assegurando que todos, através de seu próprio esforço, possam construir uma vida feliz, digna, segura, pacífica e plena de realizações.



ALEJANDRO PEÑA ESCLUSA



JOÃO RICARDO MODERNO



HEITOR DE PAOLA



MARIA DAS GRAÇAS SALGUEIRO

Esperança disse...

Recebi por email.


Eu confio no presidente Lula
Mauro Wainstock, diretor do Jornal ALEF

Há algumas semanas, delegados de vários países se retiraram da Assembleia da ONU tão logo o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, começou a despejar seus notórios insultos preconceituosos. O gesto pode não ter respeitado os padrões protocolares e/ou de democracia, mas certamente foi um ato educativo, uma silenciosa resposta – firme e justificável – às ofensas que estavam sendo pronunciadas na tribuna.

Faltam poucos dias para Ahmadinejad, pisar em solo brasileiro. Muitos artigos publicados e diversas manifestações foram programadas pelas mais diversificadas correntes, raças, credos, gêneros e grupos - organizados ou não. A questão não é se o Brasil vai ficar constrangido depois do que aconteceu na ONU ou questionar se seus representantes também deveriam ter ido embora naquele momento de repulsa. Também não me importa avaliar a mensagem oficial de repúdio às palavras do iraniano que o governo brasileiro achou conveniente divulgar dias depois. O ponto crucial é: visionário que é, por que o presidente Lula decidiu convidar Ahmadinejad para visitar o Brasil ?

Será que o convite é importante porque o Brasil precisa ter relações diplomáticas e comerciais com um país que não reconhece direitos humanos, que extinguiu a liberdade de expressão, que persegue a minoria religiosa, que discrimina as mulheres e que rotula os homossexuais de doentes que precisam ser exterminados ?

Será que o convite é importante porque o Brasil precisa oferecer cafezinho ao líder de um país que prega pública e veementemente o extermínio de Israel ? Lembre-se de que foi Oswaldo Aranha, um brasileiro, quem bateu o martelo e consolidou a criação do Estado Judeu...

Será que o convite é importante porque o Brasil precisa apertar a mão do principal negacionista do Holocausto – quando ainda existem testemunhos vivos desta história, muitos dos quais brasileiros ?

Será que o convite é importante porque o Brasil precisa apoiar um país que financia o terrorismo mundo afora, que ensina o ódio e educa para a morte ?

Será que o convite é importante porque o Brasil precisa dar respaldo ao país responsável direto pela morte de mais de uma centena de judeus nos atentados à Associação Mutual Israelita Argentina (Amia) e à Embaixada de Israel em Buenos Aires – agressões estas que poderiam perfeitamente ter acontecido em instituições judaicas brasileiras ?

Não espero respostas, espero ação. Não espero retórica, espero atitudes. E este também deve ser o pensamento do presidente Lula. Considerado atualmente um dos principais estadistas mundiais, com elevado índice de popularidade e presença obrigatória na mídia internacional, com certeza ele deve ter convidado Ahmadinejad com a finalidade de dar um exemplo ao mundo.

Já deve estar tudo planejado: depois de um bate-papo informal, sem maiores pretensões, ele abre a porta de uma sala e... apresenta a Mahmoud uma exposição sobre o Holocausto, com fotos, passaportes, filmes, depoimentos... uma espécie de mini “Museu do Holocausto”. E mais: vai surpreender o iraniano com a presença de brasileiros que carregam nos braços e na alma as marcas do genocídio hitlerista.

Será uma verdadeira imersão, que poderá incluir, por exemplo, manifestações sobre a rica cultura negra, vídeos sobre bem sucedidas histórias de portadores de necessidades especiais, enfim, um verdadeiro "tour" de humanismo.

Fiquei empolgado... será um gesto histórico! Dará a Ahmadinejad a excelente oportunidade de estar, "in loco", com sobreviventes do regime nazista, tocar neles, conversar, enfim, ter a absoluta certeza de que as “fictícias vítimas sionistas” de fato existem.

E que tal se a apresentação de tudo isto fosse feita exatamente por uma mulher - que é tão reprimida na vida iraniana ? Neste caso, o presidente Lula terá excelentes opções dentro do próprio governo, como a judia Clara Ant, que, por seus méritos, ocupa atualmente o cargo de assessora especial da Presidência da República, e Dilma Rousseff, a primeira mulher a ser nomeada ministra-chefe da Casa Civil e que poderá até vir a ocupar o Palácio do Planalto após as eleições de 2010. Com isto, Ahmadinejad terá a imperdível oportunidade de comprovar a importância da mulher na construção e desenvolvimento de uma nação.

Sem dúvida, será um gesto sem precedentes e com inúmeros benefícios. Além de propiciar enormes ganhos políticos, a iniciativa dará ao mundo uma demonstração inequívoca de que o presidente Lula é um sincero e legítimo defensor dos direitos humanos.

E mais: vai comprovar que de fato ele tinha razão em convidar Mahmoud e ainda confirmará, definitivamente, que o presidente brasileiro é mesmo "o cara" !

Mas... se por acaso o presidente Lula ainda não tiver tido esta ideia, fica registrada a minha sugestão. Há tempo até o dia 06 de maio...

Kozel® disse...

Jorge ,veja os videos da veja.com no you tube,ficam mais denotadas as suas ilações com relação ao boi na época do sindicalismo.
Abraço e bom domingo!

Anônimo disse...

Serrão
Eu não estou bem certa, mas o fato de o Presidente Lula, sentar-se ao lado da Rainha , tem uma tradição : senta-se ao lado da Rainha o Presidente que tem mais anos de mandato, estou certa ou estou errada? Mas se equeçam que segundo pesquisas feitas ainda não divulgadas apontam que o governador José Serra ganha no primeiro turno. o próprio nome dele já SERRA, e não só mais tem mais acredito que tem mais gente, preparando alguma surpresa.

Anônimo disse...

Cumprimentos Serrão pela sua coragem, enquanto isso alguns canalhas apátridas querem demonizar o delegado Protógenes Queiros que denunciou que este governo entregou mais de mil concessões de exploração do solo para o bandido Daniel Dantas, tudo em áreas onde estão minérios estratégicos, se isso não for entreguismo o que mais poderá ser.

Blog de um Brasileiro disse...

Realmente brilhante o raciocínio em cima de todo esse processo. Mas pelo amor de Deus! Será que o Lula teria coragem de executar um plano tão sórdido? Essa arquitetura chega a ser bizarra.
Até o detalhe de Lula tersentad ao lado de Elisabeth II, será que foi calculado dessa forma???

Enfim, creio que essa tendência ao entreguismo deva ser posta em prática por qualqer partido político da atualidade. Acho que é conjuntural. Imagine o DEM no poder??? Não sobraria nem o osso. E se fosse o PMDB (risos), que já faz parte da base de apoio governista, não deixaria nem a alma.
Um grande Abraço
Blog de Um Brasileiro

Anônimo disse...

Serrão
Eu ~você me assusta, com todas estas informações, e sabendo que quando chegar em 2010, corremos o risco de estar nas mãos do PT, dá medo. Mas eu não acredito que o Serra vai morrer na praia!!!! Certa vêz num debate do Sen. Cristovão Buarque perguntou ao ex-governador Geraldo Alckim, se a eleição de 2006, esta combinada? e o Silvinho do Lander Rover, disse a CPI, se fôsse o Serra a concorrer em 2006 , Lula perderia...

Uncle Bob disse...

Estamos fritos já que os meios de comunicação - em sua maioria - estão ao lado do apedeuta.

Num futuro não muito distante veremos blogs como esse censurados.

Quem viver verá!!!

Anônimo disse...

Muitas críticas à exploração do biogás

Muitos países, como é o caso da Itália, estão criticando a exploração do biogás, pois além do entreguismo para os controladores externos, temos aí uma grande ameaça ao meio ambiente.
VAI CUSTAR MUITO CARO PARA O POVO BRASILEIRO !!

Anônimo disse...

Aproveito esse post para falar de um tema relacionado que me deixa bem inconformado: o governo faz campanha capitalizando a doença da Ministra Dilma, enquanto no SUS, ninguém tem acesso aos tratamentos mais avançados para o Linfoma. Vcs sabiam que a lista de medicamentos para esse tipo de câncer não é atualizada há 10 anos pelo governo???