quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Henrique Meirelles se filia hoje ao PMDB, e vira valioso Coringa para suceder Lula ou ser candidato ao Senado

Edição do Alerta Total - www.alertatotal.net
Leia também o Fique Alerta www.fiquealerta.net

Por Jorge Serrão


Henrique Meirelles é o mais valioso “Coringa” para a eleição do ano que vem. O presidente do BC do B confirmou no início da noite de ontem que decidiu se filiar ao PMDB. O banqueiro aposentado apenas formalmente assinará sua ficha de filiação às 11 horas da manhã de hoje em Goiânia (GO), sua terra natal. Assim, fica prontinho para concorrer ao Senado, ser vice de algum presidenciável ou até realizar seu grande sonho de concorrer ao Palácio do Planalto (até lá, reformado).

O tempo joga totalmente a favor da estratégia de Meirelles – que não assume nada politicamente. Ontem à noite, voltou a ser paparicado por empresários e financistas em festinha na capital paulista. Meirelles repetiu a conversinha de que apenas vai decidir de concorrerá a um cargo político em março de 2010. Até lá, alega que estará totalmente focado no trabalho dentro do BC. Até porque não vê problemas em continuar conduzindo a política monetária do País mesmo filiado a um partido político.

Durante o seminário "O Brasil saindo da crise", promovido pelo Grupo de líderes empresariais (Lide), em São Paulo, Meirelles avisou: “Eu vou tomar uma decisão em relação ao que será da minha carreira futura até março. No momento estou 100% focado no BC, sem nenhuma atividade política até março do ano que vem, e essa é uma decisão que tem implicações políticas, caso eu considere a carreira política no futuro”. Antes do evento, Meirelles esteve com Lula.
Meirelles cumpriu a primeira parte do ritual.

O prazo final para novas filiações partidárias termina no fim desta semana. Agora, o presidente do BC tem até o fim de março para decidir se vai concorrer às eleições de 2010, já que esse é o prazo de desincompatibilização das autoridades que disputarão as eleições. Enquanto isso, continua participando de eventos e dando entrevistas como “o homem que tirou o Brasil da crise antes de todo mundo”. A imagem de Meirelles já é cuidadosamente trabalhada. O que ele fará depois com os dividendos políticos são outros quinhentos (milhões de dólares, é claro).

Os planos

Apesar de não assumir publicamente, Meirelles tem um plano A: concorrer a algum cargo nas eleições de 2010, como senador por Goiás.

Mas tem um plano B: ser o candidato a vice-presidente numa chapa com a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil).

E tem também um Plano C, que pode virar A, dependendo das circunstâncias: disputar o trono de Lula.

Para a Oligarquia Financeira Transnacional seria perfeito ter um banqueiro, literalmente, no poder aqui no Brasil.

Briga inconveniente

Henrique Meirelles tinha interesse no governo goiano – que seria um atalho para o Palácio do Planalto, possivelmente em 2014.

Meirelles chegou a negociar muito de perto com o PP sua filiação.

Mas recuou porque não conseguiu tirar do caminho o atual prefeito de Goiânia, Íris Rezende (PMDB), que pretende sair candidato pela legenda ao governo do estado.

O chefão Stalinácio chegou a ponderar com Meirelles que não seria uma boa arrumar uma briga eleitoral em Goiás.

Mineirando no Planalto

Aécio Neves – presidenciável tucano - foi recebido ontem pelo chefão Luiz Inácio Lula da Silva.

Na conversa, em Brasília, Lula teria feito uma sondagem sobre a disputa entre o mineiro e o paulista José Serra.

Embora Serra continue liderando as pesquisas, o mineiro deixou claro para Lula que ainda está no jogo.

A arte de esperar

Quem manda é o Stalinácio, e, quase sempre, nem aceita palpite daqueles que tentam ser seus “aliados”.

Contrariando as recomendações dos juristas Gilmar Mendes, Carlos Ayres Britto e Nelson Jobim, Lula sancionou ontem o minirremendo eleitoral, sem vetar o artigo 5º - que permitiria a apuração eletrônica dos votos por meio da recontagem do voto impresso conferido pelo eleitor.

Também não vetou o voto em trânsito, que autoriza o eleitor a votar quando estiver fora de seu domicílio eleitoral.

Como as duas medidas só valeriam para 2014, Lula preferiu não se desgastar e esperar para ver o que acontece até lá – quando muita água vai rolar.

Inutilidade

Além do voto impresso, Lula também manteve a proposta de voto em trânsito para presidente da República.

O relator da matéria na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, Eduardo Azeredo (PSDB-MG), matou a charada sobre a decisão de Stalinácio:

Manter o voto em trânsito e o voto impresso é inócuo. Vai virar letra morta porque não tem como executar. E o voto impresso é só para 2014”.

Vetos convenientes

Lula vetou a proposta que igualava as regras para debates entre os candidatos na web às regras da televisão e rádio.

Com o veto, os sites poderão fazer debates com áudio e vídeo sem a obrigação de convidar todos os candidatos e nem precisarão dar a eles o mesmo espaço.

Tais regras entram em vigor na eleição do ano que vem.

Besteirol

O texto da Câmara estendia aos debates realizados em sites comerciais as mesmas regras existentes para debates nas emissoras de rádio e TV, que são concessões públicas.

Pelas regras aprovadas na Câmara, e que continuam valendo para rádio e TV, todos os candidatos com representantes no Congresso teriam direito a participar dos debates, que poderiam ser feitos em blocos de 3 ou mais candidatos.

As regras para os debates no rádio e TV precisam ter a concordância de dois terços dos candidatos.

Meia liberdade?

O texto da Câmara já liberava a cobertura da campanha eleitoral em sites jornalísticos, blogs e sites de relacionamento, argumentando que "é livre a manifestação do pensamento, vedado o anonimato durante a campanha eleitoral, por meio da rede mundial de computadores" e "outros meios de comunicação interpessoal mediante mensagem eletrônica".

O texto sancionado por Lula assegura o direito de resposta.

Só que lá está escrito que as representações pela utilização indevida da rede "serão apreciadas na forma da lei".

Quem interpreta a lei, poderá usá-la da maneira mais conveniente – como sempre acontece – o que não garante liberdade de coisa nenhuma.

Risco de desgaste

Barack Obama periga passar por um enorme embaraço internacional se Chicago perder a disputa com o Rio de Janeiro para os jogos olímpicos de 2016.

Para esta campanha, Obama até acionou a equipe que trabalhou na sua vitoriosa campanha presidencial.

O Departamento de Estado americano e o Conselho Nacional de Segurança estariam produzindo relatórios sobre a disputa.

Dois a um?

O Rei Pelé desembarcou ontem na capital dinamarquesa Pelé, desdenhando a ida de Obama a Copenhague:

O Obama é de uma cidade, é de Chicago, mas eu já falei, o brasileiro tem o Pelé e tem o Lula. Dois a um para nós".

Outro trunfo brasileiro é o escritor Paulo Coelho, que hoje será mestre de cerimônias de um jantar em que terá como convidadas esposas de delegados do Comitê Olímpico Internacional.

Rio prejudicado?

A decisão sobre a cidade olímpica será tomada na sexta-feira pelo COI.

Mas Stalinácio foi comunicado hoje cedo que a candidatura do Rio tem sérios problemas por causa da "violência urbana".

Lula foi aconselhado a não ficar "decepcionado" se Chicago de Obama levar a melhor...

Apelido perfeito

O presidente constitucionalmente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, marketeou ontem que analisa uma proposta feita ontem por líderes empresariais - que apoiaram sua deposição - para que ele volte à Presidência com poderes severamente limitados e sob prisão domiciliar.

Manuel – que continua indevida e ilegalmente abrigado na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa – ganhou ontem um apelido perfeito da turma do Casseta & Planeta: “Zéruelaya”.

A sorte do Odorico Hondurenho – famoso por seu chapelão e pelo bigodão – é que tem muito mais gente fazendo jus ao apelido na política internacional.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo analítico, independente e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 30 de Setembro de 2009.

5 comentários:

Anônimo disse...

Serrão
Não tenho nada contra o Rio sediar a Olimpíadas de 2016, o que mais me preocupa é a ROUBALHEIRA destas obras, e próximo presidente irá ser cobrado, pelo Mula, com as obras do PAC, COPA 2014, RAFALE,MINHA CASA MINHA VIDA, TREM BALA... ISTO É QUE É UMA HERANÇA MALDITA. Será que o povo carioca não ficaria mais feliz, se não tivesse que ver na televisão bandido com granada na mão tentando matar as pessoas? E policiais tendo que executar bandido na frente de todo mundo? Acho que ao invés de se preocuparem com as $OLIMPÍADA$ de 2016, deveriam se preocupar com a SEGURANÇA, SAÚDE E EDUCAÇÃO, E DAI SIM O RIO AGRADECE.
Quanto a Meirelles, não basta ter experiência financeira, precisa ter JOGO POLÍTICO, coisa meio difícil, "ele é tão bom como ecônomista como é bom como político" , porque que ele não explica que o Brasil perdeu 50 BILHÕES de dólares com o real valorizado e o BC central comprando dolar á 2,50 e 2,40, estas reservas vem perdendo valor, e o dólar é um moeda que ninguém quer? Este homem é que quer ser "presidente" pois ele engana os empresários que só sabe ganhar dinheiro,e acredita no deus lula.

Esperaça disse...

No país da corrupção e do assistencialismo também tem
AUXILIO-RECLUSÃO,
tambem conhecido como
"BOLSA CANA"

Que vergonha,enquanto nós trababalhamos uma vida inteira,para receber uma pequena contribuição,eles estão ai ,cheios de direitos.

O auxilio varia de R$ 560,00 a R$ 752,00, mas se você for trabalhador rural só receberá um salário mínimo..

UM PROFESSOR SUBSTITUTO NAS UNIVERSIDADES FEDERAIS RECEBE ALGO EM TORNO DE R$ 500,00

No Brasil o crime compensa, nem que seja para a sobrevivência da família.
CONFIRA NO SITE ABAIXO, DA PREVIDÊNCIA SOCIAL.


Você sabia que todo presidiário com filhos tem uma bolsa de R$600,00 para sustentar a família, pois o coitadinho não pode trabalhar para sustentar os filhos pois está preso?

Tire a dúvida neste "site" :
http://www.previdenciasocial.gov.br/conteudoDinamico.php?id=22

Pergunta que não quer calar 1:
Por acaso os filhos ou a viuva do sujeito que foi morto pelo coitadinho que está preso recebem uma bolsa de R$600,00 para seu sustento?

Pergunta que não quer calar 2:
Já viu algum defensor dos direitos humanos pedir ou brigar por esta bolsa para os filhos das vítimas?

É por isso que a criminalidade não diminui ...

Esperança disse...

Que bela oposição nós temos.

Apenas os senadores Alvaro Dias (PSDB-PR) e José Agripino Maia (DEM-RN) realizaram perguntas mais incômodas sobre o currículo, a ligação com o PT e ainda sobre o processo a que Toffoli responde na Justiça do Amapá. Ele chegou a ser condenado por um juiz substituto a ressarcir os cofres do Estado em R$ 700 mil porque seu escritório teria sido contratado irregularmente pelo governo. A sentença foi suspensa.
(...)
Redação Terra

Anônimo disse...

Associatedcontentnetwork.com Article directory free for publish your press release and articles !

Anônimo disse...

AKVIS Sketch 8.6 Standalone and Photoshop PlugIn for Mac at a low price - $16[url=http://oemsoftwareinc.com/p_AKVIS_Sketch_8.6_Standalone_and_Photoshop_PlugIn_for_Mac.html]AKVIS Sketch 8.6 Standalone and Photoshop PlugIn for Mac[/url]