terça-feira, 1 de junho de 2010

PT reedita esquema dos aloprados de 2006 com esquema para espionar e fazer dossiê contra a filha de Serra

Edição do Alerta Total - http://www.alertatotal.net/
Leia também o Fique Alerta –
http://www.fiquealerta.net/ (atualizado nesta Terça)

Por Jorge Serrão

Um suposto dossiê contra Verônica - filha do pré-candidato tucano, José Serra – revela a disputa de poder na campanha presidencial de Dilma Rousseff. Os petralhas promovem uma operação abafa para tentar contornar o conflito aberto entre os grupos do ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel e o do deputado estadual Rui Falcão (SP). Da briga de poder entre as duas facções surgiu a informação de que a campanha de Dilma praticaria espoinagem contra adversários.

A assessoria petista jura que Dilma não tem conhecimento de nada disto. Os petistas repetem a besteira dos “aloprados” na campanha de 2006. Naquela época, eles tentaram comprar um falso dossiê contra José Serra, que disputava o governo de São Paulo. Os petralhas acabaram presos com quase R$ 2 milhões em dinheiro vivo para adquirir o suposto dossiê. Foram chamados de “aloprados” pelo próprio chefão Lula.

O alvo agora é o jornalista Luiz Lanzetta, sócio da Lanza Comunicação, empresa contratada pela campanha de Dilma. Reportagem da revista "Veja" desta semana revelou que houve uma tentativa, que teria partido do grupo de Lanzetta, de montar na campanha do PT um esquema de espionagem de adversários e até de correligionários. Pimentel – amigão da Dilma - teria sido o responsável pela contratação de Lanzetta, que conheceu em 2008, por meio do deputado Virgílio Guimarães (PT-MG), durante a campanha de Márcio Lacerda (PSB) para a prefeitura de Belo Horizonte.

Reportagem de O Globo mostra que o clima entre os petistas é de desconfiança mútua entre os grupos de Falcão e de Pimentel. Oficialmente, Falcão é o coordenador de comunicação da campanha, mas ainda estaria tentando assumir, de fato, a função. Ele tenta emplacar na equipe Valdemir Garreta, que foi secretário de Marta Suplicy na Prefeitura de São Paulo. Garreta alega que sua empresa (SX Comunicação) já dá apoio ao PT nacional, e jura que não há atrito com Lanzetta, homem de confiança de Pimentel.

Polêmica inútil

Soldados de Israel são filmados quando descem um um barco e são linchados por “pacifistas”.

As forças de Israel reagem e abrem fogo contra a tal Florilha da Liberdade, uma esquadra de seis navios, com 750 pró-palestinos, que prometia levar 10 toneladas de ajuda humanitária à Faixa de Gaza.

E agora o carnaval midiático internacional transforma os israelenses em grandes algozes porque defendeu sua soberania de maneira radical.

Contra as drogas?

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados recebe hoje duas ilustres visitas:

Do General Paulo Uchoa (Secretário Nacional de Políticas sobre Drogas) e do ministro da Justiça, Luiz Barreto.

A ideia é debater com eles ações integradas na prevenção ao uso de drogas e violência.

No governo que trata o cocaleiro Evo Moralles com adoração, tal debate só pode ser, literalmente, “uma droga” em termos de ações práticas.

Comendo bem

O presidente Glutão da Silva comeu ontem duas empadas – consideradas as melhores do Rio de Janeiro – no famoso restaurante Mosteiro.

O lugar pertence a José Temporão, famoso restauranteur de 88 anos, que é pai do ministro da Saúde, José Gomes Temporão.

Lula traçou os empadões e ainda almoçou depois...

Nome sugestivo

Vai se chamar Ibiúna Investimentos a empresa de gestão de recursos que terá como sócios dois ex-diretores de Política Monetária do Banco Central.

Mário Torós e Rodrigo Azevedo já pediram, e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) deve dar autorização para a criação da empresa – que será sediada em São Paulo.

Sugestivo é o nome da empresa, já que o também consultor José Dirceu de Oliveira e Silva e seus amigos mais chegados costumam se apelidar de “turma de Ibiúna” – numa referência ao Congresso da UNE que foi visitado pela turma do DOPS, no final da década de 60.

Claro, a escolha do nome por Torós e Azevedo só deve ser uma enorme coincidência, tendo nada a ver com Dirceu – um homem que jura não participar de qualquer negócio, embora dê muitas consultorias.

O BID fica em Osasco?

Semana passada, Joaquim Levy deixou a Secretaria de Fazenda do governo Serginho Cabral.

A informação oficial era de que ele voltaria a trabalhar no Banco Interamericano de Desenvolvimento – pois também já foi funcionário do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Central Europeu).

Ontem, foi foi confirmado que Levy vai trabalhar na diretoria de gestão estratégica – não do BID , mas – da BRAM (Bradesco Asset Management).

Vai ver quem deu a notícia semana passada pensava que o BID ficava na Cidade de Deus, em Osasco...

É pedreira, seu Stone

Por interferência direta do poderoso cineasta Luiz Carlos Barreto, filho do outro cineasta que fez o fracassado filme sobre o companheiro $talinácio, a Direção da Polícia Federal, em Brasília, ordenou que a Delegacia da PF no Aeroporto de Cumbica liberasse a entrada no País do cineasta Oliver Stone e sua equipe, mesmo que eles não tivessem o “visto brasileiro”.

O poderoso Barretão – que detém no Brasil os direitos do filme “Ao Sul da Fronteira” – telefonou, pessoalmente, para o chanceler Celso Amorim e para o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto – que não é parente dele, apesar do sobrenome.

Como ficou retido duas horas e meia no aeroporto, Stone não chegou a tempo de assistir à exibição de seu filme na Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP).

Desencontros e encontros

Quem ficou frustrado de não encontrar Stone na FAAP foi o consultor José Dirceu de Oliveira e Silva.

Ela era uma das 300 pessoas que esperavam assistir ao filme junto com o famoso diretor – agora grande apologista das esquerdas do Foro de São Paulo.

Mas Stone deve se encontrar hoje, em Brasília, com o chefão $talinácio (um dos artistas de seu filme) e sua candidata Dilma Rousseff (que daria uma bela atriz em um filme sobre terrorismo).

Romeu e Julieta na CVM

O cineasta Luiz Carlos Barreto terá de explicar a Comissão de Valores Mobiliários como sua empresa “Filmes do Equador” levantou R$ 3 milhões em certificados de investimento audiovisual, e não repassou o presumido 15% de lucro da operação aos investidores.

A CVM abriu um processo administrativo sancionador contra Barretão, que vendeu 30 mil cotas (cada uma de R$ 100) entre dezembro de 2003 e março de 2004, para fazer o filme “Casamento de Romeu e Julieta”.

O advogado de Barreto, Fábio Nono, alega que não houve lucro, pois a receita não foi suficiente para cobrir as despesas de comercialização do filme.

Governança Brasil-EUA

O futuro da governança corporativa no Brasil será tema de debate, em Nova York (EUA) na próxima sexta-feira.

O advogado brasileiro José Ricardo de Bastos Martins, sócio do Peixoto e Cury Advogados, falará sobre as questões legais enfrentadas por empresas e acionistas estrangeiros que investem no Brasil.

O evento será moderado pelo presidente da Citco Corporate Services Inc. e terá a coordenação do Ibrademp - Instituto Brasileiro de Direito Empresarial.

Todo dia criativo

O Istituto Europeo di Design (IED), instituição educacional européia com mais de 40 anos de atuação nas áreas de Design, Moda e Artes Visuais, promove o concurso “Todo Dia Criativo”.

Quem disputa concorre a bolsas de estudo para os cursos de graduação em Design, Moda e Artes Visuais, e o resultado será divulgado no dia 29 de julho de 2010.

Basta se inscrever no site http://www.tododiacriativo.com/ até dia 15 de julho de 2010 e desenvolver um projeto com tema relacionado às áreas de atuação da faculdade e o tema “Minha Cidade”.

Mais informações e regulamento em http://www.tododiacriativo.com/.

Festival do Rio

Estão abertas até 21 de junho as inscrições para a Première Brasil do Festival do Rio, que este ano se realiza entre 23 de setembro e 7 de outubro.

Podem participar filmes de ficção, documentários ou animações de curta-metragem (até 15 minutos) ou longa-metragem (acima de 70 minutos).

Mais informações no site http://www.festivaldorio.com.br/.

Poesia bem remunerada

Aos 79 anos, o poeta e dramaturgo Ferreira Gullar foi o ganhador da edição 2010 do Prêmio Luís de Camões, o mais importante prêmio literário da Comunidade de Países de Língua Portuguesa.

Faturou o prêmio de € 100 mil, quantia dividida entre os Governos do Brasil e de Portugal.

A escolha foi anunciada pela Ministra da Cultura de Portugal, Gabriela Canavilhas, e pela Comissão Julgadora do Prêmio, em cerimônia realizada no Museu Nacional de Arte Antiga, em Lisboa.

Sinais de decadência

Cena narrada por uma leitora,presente, domingo passado, a uma inusitada “corrida de baratas”, durante uma exposição sobre insetos no Instituto Biológico de São Paulo.

A vencedora da competição foi uma super-ligeira barata que representava o Corinthians.

A baratinha do Flamengo deu o maior vexame: sequer saiu do lugar, ficando em último.

Imperador da apologia ao crime

Vergonhosa a fotografia estampada na primeira página da Folha de S. Paulo de hoje.

Na Itália, ao lado de um amigo, o Imperador Adriano, sorridente, faz, com as mãos, as iniciais da facção criminosa carioca “Comando Vermelho”.

O “CV” simbólico de Adriano é mais uma prova da decadência moral de um povo, como o brasileiro, que aceita ações coniventes com o crime organizado, o terror, a desordem e a indisciplina.

Vida que segue...

Ave atque Vale!

Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.

A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 31 de Maio de 2010.

3 comentários:

Anônimo disse...

Serão os moradores de rua extra-terrestres????Leio nos jornais que o número de pedintes, mendigos e moradores de rua tem aumentado de uma maneira assustadora nas grandes cidades do Brasil....Isso é uma coisa que não consigo entender.....Os jornalistas, jornais, revistas, televisões, institutos de “pesquisa” não cansam de dizer que o Brasil, com Lulla, virou um Paraíso Terrestre. Acabou o desemprego, acabou a miséria, acabou o tráfico de drogas, a nossa Saúde é de primeiro mundo, agora não tem mais miseráveis, nem classe baixa, é todo mundo de classe média pra cima, etc e tal, e blá, blá, blá.... Então eu indago: Daonde vieram esses pedintes e moradores de rua que inundam nossas capitais??Vieram de Marte? De Venus?? Serão americanos, suecos e alemães que para cá vieram em busca do Nirvana Lullista???

F.S.

Anônimo disse...

Hoje, lulla declarou nas televisões, que Israel "bombardeou" os barcos "pacifistas"! BOMBARDEOU??? Quantas 51 tomou hoje de manhã para ter a visão e as meninges toldadas pelo etanol? Mas ninguém viu isso! Apenas ele! Só se viu os militares israelitas serem brutalmente agredidos mal tocaram o convés do navio com paus e um deles jogado ao mar. Logo, tiveram que abrir fogo para se salvarem! Tudo o resto è folclore esquerdopata!

AS disse...

Impressionante como vocês são simplesmente manipuláveis!!!

Fixem: os israelitas invadiram um navio em ÁGUAS INTERNACIONAIS, que não representava QUALQUER ameaça contra o país.

Os tripulantes do navio turco podiam se defender da forma com quisessem, QUALQUER MEIO para DEFENDER o navio é permitido; isso segundo as leis internacionais.

Mas é claro que o ESTADO JUDEU está acima de qualquer lei internacional dos gentios...

Entendemos também que os irmãos devem se ajudar mutuamente...