domingo, 17 de abril de 2011

Estratégia, será essa é a palavra?

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Cláudio Falcão

Mais uma vez os políticos brasileiros, mais inteligentes do que nós, simples mortais trabalhadores e pagantes de impostos astronômicos, se articulam aproveitando o gancho criado pela demência desenfreada de um psicopata assassino, que matou diversas crianças e adolescentes no bairro do Realengo no Rio de Janeiro, Wellington, de 23 anos, que também morreu, ainda bem, pois se não fosse assim, estaríamos alimentando e dando guarda para esse pulha, que provavelmente se tornaria uma figura famosa, mais famosa talvez do que “Ghandi” que muitos nunca ouviram falar, não sabem nem de quem se trata. Isso é uma outra história ruim que marca a falta de cultura do povo brasileiro.

Fato é que os políticos se articulam a todo instante em busca de vantagens, inúmeras delas, mas pra eles, sempre voltados em atos pra eles mesmos.

A segurança nas escolas é “Zero”, não há policiamento que seja satisfatório, principalmente nos horários em que nossas crianças e adolescentes estudam, vespertino e noturno.

Viaturas passam pelas das escolas e só passam, nenhum policial pode adentrar às dependências da escola, sempre são barrados pela direção, a qual não permite a entrada e nem a permanência de policiais em seu interior. Dizem que se os policiais entrarem, a direção e os funcionários podem sofrer represálias por parte dos marginais que moram nos arredores das instituições de ensino, e têm diversos soldadinhos do tráfico que por lá atuam.

Essa situação é inadmissível, não se pode compactuar de uma coisa escabrosa e nojenta como essa, que pede uma solução mais adequada e mais objetiva, não um desarmamento geral do povo de bem e do bem, sem falar também na proibição de venda de armas de fogo no país, isso de nada adiantará para coibir o crime, está mais do que claro, o povo não pode deixar se enganar pelos pulhas que querem a qualquer custo levar uma série de vantagens com essa situação.

Aqui quero que você tenha a visão necessária para não se deixar enganar, só isso.

Você sabia que policiais civis e militares servidores do Estado de São Paulo, em tempos passados, formados em pedagogia e licenciados em diversas matérias curriculares, ministravam aulas em estabelecimentos de ensino, principalmente estaduais, e em dado momento, uma cabeça pensante legislou a respeito e proibiu através de Lei que esse mesmo servidor público fosse proibido de ministrar aulas, porque achou que o mesmo servidor não poderia estar servindo o Estado em duas secretarias distintas, Segurança Pública e Educação?

Também atrelado a isso, desencadeou-se uma onda de perseguição aos servidores que passaram a fazer o tal de “Bico” para complementar os salários vergonhosos que o governo faz de conta que está muito bom? Você sabia que alguns ex-professores/policiais, foram mortos em “Bicos de Segurança” que passaram a fazer? Você acha que se policiais integrassem as grades de funcionários das escolas, os ilícitos penais e diversos crimes, poderiam ser desestimulados?

Fica aqui, o meu alerta, mais uma vez, muito preocupado com o que atualmente estão tentando fazer com nosso povo, trabalhador, cidadãos “Do Bem” e De Bem”, você!

Claudio Falcão é Radialista.

Um comentário:

swedenborg disse...

Engraçado é a reação da nossa esquerda caviar em episódios distintos (leia-se dois pesos e duas medidads):
Quando do episódio do bárbaro assassinato do garoto João Hélio (só de escrever isso tenho um nó na garganta pois tenho um filhinho da mesma idade dele e até parecido fisicamente), nossos iluminados "sou da paz" iniciaram uma gritaria terrível dizendo: não, não devemos tomar decisões no calor do momento, sob o impacto do fato (pois corria então uma proposta de redução da maioridade penal0, que isso não era coerente com a democracia, que tal coisa deveria ser pensada, discutida e rediscutida, etc. (com certeza para dar um devido tempo e enviar um dos facínoras "di menor" para a Suiça as custas do contribuinte).
Bom, agora logo após essa monstruosa chacina de Realengo, nossos Che-lovers também iniciam uma gritaria, agora para revogar a decisão do plesbicito em que a população amnifestou um sonoro não para essa cambada que quer desarmar o cidadão honesto, e para faze-lo a toque de caixa, pois a situação é urgente e não podemos perder tempo com discussões inúteis. Nosso querido ministro do STF , Luis FUCKS, então, sugere até que se rasgue a constituição e se invada sem mandato o lar dos cidadãos de bem para procurarem garruchas enferrujadas (aí é capaz de vermos bravos policiais federais metendo o pé na porta e gritando com velhinhos, quando em invasões de favelas de traficante ficam fazendo pose escondidinhos atrás das linhas ,enquanto os verdadeiros soldados como os do Bope e da FFAA levam bala)