terça-feira, 20 de setembro de 2011

Impunidade e injustiças patrocinadas pelo Judiciário serão alvo das passeatas anti-corrupção em 12 de outubro

Edição do Alerta Total – http://www.alertatotal.net
Leia mais artigos no site Fique Alertawww.fiquealerta.net
Por Jorge Serrão

Enquanto segmentos esclarecidos da sociedade se mobilizam, via Internet, para mais uma “Marcha contra a Corrupção”, no próximo feriado de 12 de outubro, a elite da (in)Justiça tupiniquim nos empurra, goela abaixo, um dos mais vergonhosos exemplos de impunidade ao Governo do Crime Organizado. O poder sem fim do imortal José Sarney parece ser a verdadeira inspiração para o Superior Tribunal de Justiça anular as mais contundentes provas produzidas por operações da Polícia Federal.

Não tem consistência a alegação de “falha processual” ou de “ilegalidade” na obtenção das provas – principalmente nas escutas telefônicas em que os agentes do crime se revelam em viva voz. Mas foi assim que o STJ jogou no lixo toda a operação Boi Barrica, na qual a Polícia Federal cometeu o pecado mortal de investigar parentes de José Sarney (presidente do Senado). Agora, pelo mesmo argumento simplório de “ilegalidade na obtenção de provas”, a Justiça pode detonar outras quatro operações da PF.

Além da Boi de Barrica (já detonada), correm séria ameaça de dar em nada as operações Voucher (que comprovou picaretagens no Ministério do Turismo), a Navalha (que flagrou desvios de verbas em obras públicas), a Mãos Limpas (que comprovou a corrupção no Amapá, estado politicamente controlado pelo esquema Sarney) e a famosa Caixa de Pandora (que pegou o esquema mensaleiro do ex-governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, com ramificações com a família Roriz, que já levou o corporativismo da base governista a salvar o pescoço da deputada Jaqueline.

A pizzaiada judicial (impossível de engolir) pode ser o grande prato para os protestos do próximo dia 12 de outubro. O Judiciário corre o risco de ser alvo de desmoralização, nas ruas. Nada pode ser pior para a inconsistente democracia brasileira que isto. Mas as pessoas comuns já percebem que são as maiores vítimas da impunidade. Seja nos crimes de corrupção, nos abusos de autoridade cometidos pelos agentes do poder estatal, em ações criminosas de oligopólios contra os consumidores que passam impunes nos tribunais, até os casos de delitos de trânsito – em que irresponsáveis ao volante matam e não param na cadeia.

No momento, a grande questão conjuntural é: Se a elite do Judiciário (indicada para as Altas Cortes pelos políticos) prefere não dar valor às escutas da Polícia Federal, será que eles terão a mínima sabedoria de escutar a voz rouca das ruas que já grita, em tom ainda baixo, mas crescente, contra a injustiça e a impunidade? A resposta será fundamental para o destino da Segurança do Direito no Brasil.

Jabazinho internacional

O velho Departamento de Imprensa e Propaganda de Getúlio Vargas, que na década de 40 montou um eficiente esquema para divulgar o Brasil no exterior, está fazendo escola.

A presidenta-brizolista Dilma Rousseff é a capa da próxima edição da revista Newsweek internacional e até da edição nacional norte-americana.

A reportagem com o título “Don't mess with Dilma” (em tradução literal “Não mexa com a Dilma”) tem todo o jeitinho daquelas matérias plantadas, com alguma verba publicitária paga por fora.

Quanto vale o prêmio, Lombardi?

Dilma hoje fará história como a primeira mulher a abrir uma Assembléia Geral da ONU – o que uma façanha e tanto para uma brizolista histórica, que antes gritava contra as “perdas internacionais geradas pela globalização”...

A Faxineira-Mor do Brasil também recebe hoje à noite, em jantar no Hotel Pierre, em Nova York, o prêmio Woodrow Wilson Public Service Award.

Será a mesma premiação já foi concedida a Lula, em 2009, o que mostra que Dilma caiu no agrado da Oligarquia Financeira Transnacional.

Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.


O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.


© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 20 de Setembro de 2011.

7 comentários:

Anônimo disse...

Para se investigar um crime praticado por autoridades públicas, dispensável deve ser a autorização judicial. Incabível autorização judicial para investigação de gestores do dinheiro público! Caso contrário, a ONU deverá ser chamada para colaborar no Brasil. No Brasil, infelizmente, não se vê a condenação de autoridades comprovadamente corruptas!! Provavelmente muitos integrantes do Judiciário também devem possuir contas bancárias no exterior!

Anônimo disse...

O tal satélite que, segundo o G1 cairá na terra na próxima sexta-feita, dia 23, bem que poderia cair sobre o Congresso Nacional em dia da maior frequência de corrutpos por lá.

Uma mega limpeza

É o que o Brasil que luta, pensa e trabalha, deseja.

Alexandre disse...

Infelizmente, vemos uma injustiça, quando foi o caso de Arruda toda a midia divulgou sem demora o que estava acontecendo, até trocando e burlando as informações. Com Jaqueline mal vemos informações, se vemos é porque o nome de Arruda é citado como acusado do ainda esquema Caixa de Pandora do qual já foi absolvido. Vai entender ficam usando um homem inocente em algo que não tem nada haver com ele!

Anônimo disse...

Os fascistas de esquerda acusam Bolsonaro de fazer o que eles fizeram com Bolsonaro. Ou: onde estão mesmo os “nazistas”?

Artigo do Reinaldo Azevedo.

Aqui: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

Anônimo disse...

Se o STF consecutivamente anula as provas de corrupção ativa que a Policia Federal investiga e bem, então è tão corrupta como o imortal sarney, protegido do louco e também corrupto lulla!

Aqui temos o lado bom da PF e o lado ruim da Maconaria brasileira, que termina na Nova Ordem Mundial.

Anônimo disse...

Como mente junto da fraude queniana a terrorista demente ao afirmar que sua "luta" contra a corrupção irá ser firme! Se não fosse tão mentirosa a demente, já o corrupto lulla estaria sendo investigado por todos os órgãos brasileiros tanto policiais como da justiça!

Como mente a demente eleita através de urnas eletrônicas comprovadamente 100% manipuláveis e sem direito a recontagem de votos! Ditadura soviética! Ditadura cubana! Perpetuação no Poder por parte dos bastardos e corruptos políticos brasileiros!

Superaram seus mentores portugas!

José de Araújo Madeiro disse...

Serrão,


Um comentário bem ao estilo dos anônimos e que estamos repassando para você:


O anônimo é a covardia de si próprio, que se pronuncia sem ter coragem de expor-se; assim só pensa na vantagem e faz parte da massa omissa. È como um pêndulo na atividade política e que tem receios em pronunciar-se como um cidadão e de ser identificado. È do time dos PTralhas, que roubam, descaradmanete, do seu povo e ficam na surdina.

Esse, o anônimo, deve se deletado sem dó e sem piedade, e não deve parte do nosso grupo, da massa crítica e visível.

Quanto aos militares, estes fizeram o que deviam em 1964 e que devem fazê-lo sempre que necessário, como os pressuspostos da Constituição Federal, para conservação do nosso território continental, como conquista do povo brasileiro e das nossas instituições, como uma República Federativa, na gestão da coisa pública.

Onde deve haver alternância de poder e o multipartidarismo, como num democracia saudável.

Em 1964 houve um contra-golpe. Quando o Brasil poderia ter se tornado uma republiqueta satélite de Cuba.

Esta ainda hoje dominada pela Família Castro, onde Fidel por motivos de doença passou o poder para seu irmão Raul, depois de 51 anos. Um Reinado Castrista em expansão pelo continente, onde Lula e seus Ptralhas não passam de moleques-de-recado.

Cuba, que exemplo de democracia e justamente para esse anônimo? Que este deve ir para escola, para aprender e deixar de dizer asneiras, sem lógica, sem perspectivas e ainda sem história.

Agora, vejamos que o Lula é um bandido irrecuperável e a Dilma sua secretária cumpre um papel rídiculo como um terceiro mandato indireto em nome do Lula.

Precisamos estar atentos, sobretudo contra o PT, o partido dos trambiques institucionalizados e que querem fazer um tipo de gestão pública nos moldes do Regime Cubano.

Devemos fazer a nossa parte e não os militares, que devem ficar nos quartéis cumprindo suas funções específicas.

Então, o Lula, o Dirceu, a Dilma e demais outros, incluindo o Sarney, como são uns bandidos irrecuperáveis, com seus objetivos mesquinhos e corruptos contra à nação brasileira, que eles se enforquem e se autodestruam. E nesse caso, o problema não é nosso, mas deles que não tem ética, nem moral, nem escrúpulos. Que são uns refratários anti-democratas, criminosos e retrógrados. Que consideram todos nós outros como otários e idiotas.

E nós, particularmente, que estamos pensando no futuro do Brasil, com padrão de liberdade e desenvolvimento, jamais de ser uma republiqueta a serviço de Cuba, para que esses anônimos fiquem nos devidos lugares, resmungando as suas decepções e frutrações.

Que Deus nos proteja e guarde.

Att. Madeiro