sábado, 26 de maio de 2012

Nem tudo que reluz é ouro

Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net  
Por Arlindo Montenegro

Na segunda metade do século passado, toda a América Central e do Sul, incluindo o Brasil, sofreu com a presença de movimentos guerrilheiros similares, cometendo crimes em série. Assaltos a bancos, seqüestros de pessoas e de aeronaves, roubos de carros, de armas dos quartéis e dinamite das pedreiras, homicídios causados por tiros, execuções sumárias e bombas ativadas em locais públicos.

A ideologia do comunismo internacionalista combatendo a cultura cristã e o sistema de produção capitalista focava como inimigo o imperialismo dos EUA. Os guerrilheiros provocavam a guerra civil para tomar o poder e submeter nações deste hemisfério, transformando-as em ditaduras satélites do imperialismo da Rússia soviética, tomada como exemplo e propagada como humana, solidária, que acabaria com a pobreza e a ignorância.

Quem tiver oportunidade e tempo de se debruçar sobre os documentos que sobraram das tais “organizações da esquerda”, conhecerá a intenção explícita da violência revolucionária, que as movia. Tudo emoldurado por citações de Lênin, Stalin, Trotsky, Guevara, Marx, Engels, Ho Chi Minh, Mao Tse Tung, Enver Hoxha, Kim Il Sung e até de Rosa de Luxemburgo, expurgada pelos idealistas do comunismo. Tudo pela “ditadura do proletariado”, nada de democracia no modelo ocidental cristão.

O que ninguém revelava ou pensava é que a vontade e cultura dos povos os atos dos que dirigiam aquelas operações de guerra. Marx, Engels, Lênin, Stalin, já havia manifestado em seus escritos o mais profundo desprezo pelo Zé Povinho. Para eles, o povo era apenas um ente utilitário obediente e submetido ao Estado, cujo poder totalitário, além da posse de todos os bens, como proprietário único, também ditava os pensamentos, contrariando a liberdade de opinião, criatividade,iniciativas individuais e práticas religiosas.

Hoje, nossa história oficial retoca os reais propósitos dos guerrilheiros e seus simpatizantes no poder, jurando de pé junto que lutavam por democracia e contra as ditaduras militares que, naquele momento, barravam as intenções dos internacionalistas fiéis às vertentes do comunismo internacional em toda a América Latina. Militares e guerrilheiros, executavam o script do mesmo projeto estratégico a serviço da nova ordem econômica mundial.

A propaganda oficial tenta apagar as idéias, ideologias e ideocracias gestadas há séculos, que perseguem o modelo coletivista e forma de governo centralizado. A nova autoridade supranacional utiliza força bruta, mobilizando exércitos para interferir como “forças de paz” ou “força armada” a serviço da ONU ou de nações imperialistas. Exterminam vidas, interferem sobre hábitos, comportamentos, religiões e culturas tradicionais.

Os intermináveis, esotéricos e inacabáveis diálogos dos governantes são mantidos na direção de interesses pessoais, convenções entre partidos e nações. Tudo passando distante de verdades razoáveis. Tudo ignorando as liberdades conquistadas, os ensinamentos morais, políticos e filosóficos que apontam o caminho para solucionar parte do sofrimento e insatisfação que caracterizam os humanos.

Deste modo as nações são separadas e as pessoas que ocupam os postos de decisão agem em consonância com os rituais de poder global. Aplicam teorias apreendidas pensando fazer o melhor, sem consultar as populações, sem tolerância diante da variedade de ser e pensar em ambientes heterogêneos. É possível uma simples medida de distribuição de renda para concretizar direitos iguais, garantindo a cada pessoa uma educação decente, uma casa decente, um sistema de saúde decente.

Em qualquer forma teórica de governo o conflito de interesses está presente e os governantes comprometidos decidem por trás de uma barreira de proteção institucional que blinda seus atos. Por mais brutais e corrosivos, por mais contrários às realidades locais, valem as ditas “razões de estado”, em benefício das minorias que nem se incomodam com o prejuízo que causam às maiorias.

Através da história, imperadores, reis, chefes e políticos revelam seu egocentrismo, motivando crises, guerras e colapsos que afetam a humanidade. Como varrer das mentes os comportamentos de milênios de construção cultural, de crenças e relacionamentos, milênios de sobrevivência em biomas diversos afetando costumes?

São insuficientes as voltas que o pluralismo tem dado no decorrer dos tempos em busca da filosofia, dos valores e princípios morais suficientes para dar resposta à pergunta acima. Uma proposta parece aflorar dos estudos científicos que adotam o “quociente da inteligência espiritual”. Segundo a Dra. Dana Zohar, física da Universidade de Oxford com pos graduação no MIT, “ Os cientistas descobriram que temos um "Ponto de Deus" no cérebro, uma área nos lobos temporais que nos faz buscar um significado e valores para nossas vidas.”

Resta aos cientistas, mestres, líderes religiosos, professores e treinadores de pessoal, contribuir disseminando o velho ensinamento de respeito e aplicação das Leis Cósmicas, como padrão referencial de cada pensamento e ação. Quem sabe algum dia estas Leis vão orientar as decisões políticas. Quem sabe algum dia os direitos humanos vão ser respeitados pelos governantes.

Arlindo Montenegro é Apicultor.

3 comentários:

Anônimo disse...

Esse fdp do canceroso corrupto duante seu mandati, visitou 99 paises à custa dos brasileiros e desde que se tornou governo sombra da louca e mal encarada terrorista, visitou 36 paises em 8 meses!

36 países depois inaugurar seu governo sombra? Quem o transportou se ele não viaja em companhias aéreas comerciais?

Só pode ser nos jatinhos da FAB! Os Taxis Aéreos do PT e dos corruptos! E quem paga? Todos brasileiros que são obrigados a serem otários!

Esse fdp de canceroso psicopata deu uma entrevista a um matutino portuga de nome "Publico" de orientação marxista, que raia a loucura, a demência pela sua demagogia, seu auto elogio!

No minimo escabrosa, quando ele a determinada altura afirma:

- "Faz parte da minha genética, sempre fui habituado a trabalhar".
- "A ociosidade é uma desgraça para o ser humano. Não consigo descansar três dias seguidos."
- "Vou morrer fazendo trabalho com muita intensidade."
- "Quando deixei a presidência, viajei para 36 países em oito meses."
- A propósito, diz, hoje "não existe pensamento de esquerda como no passado", quando "bastava ler o Manifesto Comunista", de Karl Marx.
- O que existe hoje é "a possibilidade de construir um socialismo democrático de verdade, que respeite a liberdade." E Lula dá o PT como "exemplo a ser estudado", porque "o mundo político hoje não tem nada igual".
- "O que vou fazer na política aos 66 anos e sem voz? Porque era um tumor de três centímetros nas cordas vocais. E eu ia dar palestras [pelo mundo] com iPad. Mas o tratamento deu muito certo."

Esse psicopata e sociopata sem duvida continua a julgar-se o dono do planeta terra em aberta concorrência com os Illuminati, com a Nova Ordem Mundial, com o Clube de Bilderberg, com a Trilateral, com o Clube de Roma, enfim, só ele existe neste planeta, todos os outros, são vassalos!

E depois sua marioneta a louca terrorista, vai cumprindo à risca tudo quanto ele ordena. Dois loucos no mesmo poleiro!

http://democraciapolitica.blogspot.com.br/2012/05/entrevista-de-lula-para-tv-portuguesa.html

Martim Berto Fuchs disse...

Na proposta de Capitalismo Social, hesitei por muito tempo de juntar à mesma a defesa da doutrina espiritualista, reencarnação, como condição para que a mesma tomasse totalmente um novo rumo, fora da seara das 3 religiões existentes e da religião nenhuma, professada pela maior parte dos esquerdistas de carteirinha.
Acabei optando por incluir o espiritualismo como condição para que as pessoas tenham uma outra visão da convivência possível entre os desiguais. Seu artigo acima confirma o acerto da minha escolha.

http://capitalismo-social.blogspot.com/2011/12/7-eleicoes-poder-parlecutivo.html

Anônimo disse...

Os militares não vão ter qualquer aumento este ano, ficando tudo para 2013.

A terrorista está fazendo o mesmo jogo sujo com os militares igual ao que o psicopata do lulla fez, prometia com promessas de modernização das FFAA e ficava-se pelas promessas! A terrorista faz o mesmo jogo com o aumento dos salários! Mas para as obras Copa de 2014 e da Olimpíada de 2016, dinheiro sem controlo do Tribunal de Contas, não falta, nem mesmo para ajudar África, Cuba, a putativa Bolsa Família para manter fidelidade dos votos.

Afinal, há ou não há dinheiro?

Para as FFAA, aumento este ano nem pensar. Apenas foi para os oficiais! Esses comem caviar, abaixo deles, sargentos até ao simples soldado, comem m@rda! Leões que comem m@rda comandos por ovelhas castradas que comem caviar! Só mesmo no Brasil.

Quando chegarmos a 2013, a desculpa vai ser a mesmo: aumento salarial só para 2014! E a DITADURA soviética e corrupta no Brasil cada vez mais firme pois já não temos FFAA.

http://democraciapolitica.blogspot.com.br/2012/05/reajuste-de-soldos-dos-militares-ficara.html