domingo, 24 de fevereiro de 2013

Quem os fará entregar o poder?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Paulo Chagas

O Partido do Trabalhadores está no poder há três mandatos e, provavelmente, lá permanecerá por mais um!

Terá, assim, completado a etapa da consolidação do pleno aparelhamento do estado,  colocado sua gente em todos os postos chave da república e cooptado todos os oportunistas e inocentes úteis que compõem as classes política e empresarial , bem como os jovens, estudantes ou não, que se deixam idiotizar pela falácia e pela mentira e os famintos, ignorantes ou sem perspectivas, embretados nos currais do "bolsa esmola".

Todavia, quando o caos transformar o engodo em realidade, fazendo os menos ignorantes enxergarem o quanto foram ingênuos ou coniventes com o mal, haverá uma mudança no fiel da balança, tendo como consequência, lógica e democrática, a possibilidade de alternar partidos e propostas. 

Restará, contudo, saber se os desmascarados entregarão de bom grado os postos e privilégios com os quais se têm locupletado e lambuzado, desde o primeiro mandato da era pós moral, sob a liderança do Sr Lula da Silva e seus muitos ladrões, já que o seu projeto de poder é ditatorial, mafioso e permanente e não inclui a possibilidade de saída, muito menos pela via que lá os colocou. 

Os indícios disso estão por aí, aqui e acolá e revelam que não se trata de estratégia isolada ou eventual, mas de um estudado e bem coordenado plano cujo centro de comando e controle está instalado e dissimulado no cada vez mais conhecido e poderoso Foro de São Paulo. 

Seus objetivos revelam-se nos conchavos diplomáticos, nas manifestações e nas palavras de ordem da militância que, à luz do dia, com violência e sem subterfúgios, demonstram sua simpatia pelo regime cubano, intimidando e constrangendo a blogueira Yaoni Sánchez, em visita ao Brasil, acusando-a de traição e afirmando, sem pejo ou vergonha, que "a América Latina vai ser toda comunista"! 

São os mesmos irascíveis e coléricos  que cospem na cara de idosos e que não toleram conviver com o contraditório!

Parece absurdo, mas é a realidade, existem pessoas no Brasil, ligadas aos corruPTos, que querem para nós o triste destino do povo cubano, onde o regime de força da "famiglia Castro" distribuiu a miséria, a fome e a doença e confiscou todas as liberdades, inclusive a de pensar e discordar.
Meio século no poder é algo por demais sedutor para qualquer canalha, mesmo quando desgraçado por moléstia incurável! Há exemplos aqui, ali e acolá!

Mas, como diz o ditado,  "não há mal que sempre dure, nem há bem que nunca acabe" e chegará o dia em que a democracia indicará o fim desse tempo e eles terão que sair. Aí fica a pergunta: "Quem os fará entregar o poder? As urnas? A vontade do povo? A justiça? A lei e a ordem? Ou será a força das Forças?

O MST, braço armado da guerrilha rural; os sindicatos comprometidos, laborais e do crime organizado; a UNE, comprada com dinheiro público; os apaniguados e incompetentes, aboletados em cargos público e "de confiança"; as polícias, comandadas por "majores - coronéis" comprometidos com o projeto; os corruPTos, de todos os matizes e níveis de sofisticação; e a legião de desocupados, escravizados pela boca ou intimidados pela fome, conduzidos por seus líderes de barro, sairão às ruas para negar o direito e a verdade das urnas, para intimidar a maioria e  "melar o jogo"!

Restará, mais uma vez, a última razão da nação, as instituições que detém o dever constitucional de fazer valer e cumprir a lei e assegurar a ordem interna.

Com certeza, desta vez, não precisarão usar a iniciativa que lhes outorga a lógica da vontade da nacional, pois um dos três poderes já demonstrou sua independência e, mais do que isto, seu comprometimento com os valores que compõem o arcabouço moral da sociedade brasileira e, assim, cumprindo com o seu dever, ordenará, se preciso, o emprego da força das Forças para que os usurpadores desocupem suas posições, entreguem os cargos e tomem o rumo que lhes conferirá o desprezo nacional!

Deus é grande e justo! Quem viver verá!

Paulo Cesar Chagas é General de Divisão na Reserva.

19 comentários:

Ronald disse...

Por gentileza, que seja para ontem...

Anônimo disse...

Excelente matéria. Realista e, por isso, triste.

Anônimo disse...

Caro General. Compartilho de sua exposição. E quanto mais cêdo melhor, porquanto os acontecimentos, da maneira que vêm sendo acelerados, estão exigindo o pronto e necessário aborto, antes que seja tarde demais. Cagliostro

Anônimo disse...

Só precisamos de um Coronel comandante de Batalhão com " aquilo " roxo....para dar o pontapé inicial e pronto, quem vai segurar ? o quê vão fazer ? chamar o exército cubano ? chamar o exército da Venezuela ? a petralhada estará frita ...

Anônimo disse...

Puxa, como é decepcionante cansativo ficar esperando a vida toda por um Brasil que nunca se apresenta!

Anônimo disse...

Brasil está gravemente enfermo. Tem um cancer! E muitas metástases, como políticos, PT, PC do B e por aí adiante.

Nada que uma .50 não resolva sem muitas chatiçes.

Selene disse...

O texto é bom e mostra o óbvio ululante, porém encerra com esta infeliz frase: ''Deus é grande e justo! Quem viver verá!''... Mas, ele é 'grande e justo' para quem? Pelo visto para os que detêm o poder, pois corrupção e tirania existem há milhares de anos e até então a coisa continua, pior agora com a ajuda da tecnologia.

''Quem viver, verá!'' (?) Resta saber ''quem'' viverá...

Será que ninguém enxerga que os citados no texto e demais similares nada mais são do que seus legítimos representantes aqui na Terra? Pelo visto não.

Anônimo disse...

Caro general,

Perdoe-me, mas esse seu artigo é do tempo da Guerra Fria...onde a mídia partidarizada desse país nos enfiava goela abaixo a baboseira de que os comunistas comiam crianças...Acho que o senhor deveria estar preocupado é com o cerco de bases (fixas e móveis) que os EUA impuseram, e impõem, ao Brasil...Também faço ressalvas, e muitas, aos governos petistas, mas daí a propor algo fora da normalidade democrática, há uma distância galáctica. Que os insatisfeitos com os governos petistas articulem-se com a oposição constituída e ganhem as eleições...é simples assim!

Um abraço respeitoso

Mascarenhas Maia - Maj Inf

Anônimo disse...

41,1% do eleitorado votaram na Dilma, enquanto 58,9% não votaram nela.
Portanto a maioria é contra a corrupção petista!
O que espera as FFAA para defender a maioria?

Manoel Vigas disse...



Saudações.

Ilmo. Sr. Mascarenhas Maia - Maj Inf
2:36 PM

1ª) PARTE

Usando o democrático espaço que nos resta, nesta “suposta” DITADURA COMUNISTA , venho afirmar que DISCORDO de todo o seu comentário e espero, que para bem de nossos netos esta mudança ocorra urgente e “se possível” em paz.

SOU PRÓ BRASIL,

..... E COMO TAL OPTO PELA MORAL POLÍTICA, E HONRA DE TODOS OS SÍMBOLOS NACIONAIS.
IDEM RESPEITO AOS MILITARES E SEU PASSADO.

2ª) PARTE

UMA ... nova guarda, nacionalista ?
Um período de transição na Força ?

SERÁ QUE OS MILITARES “RACHARAM” ?

ISSO É O FIM ! ! !

APROVEITO A OPORTUNIDADE PARA TAMBÉM DISCORDAR EM TODO CONTEÚDO DO SEU “recado” AOS Srs. NASSIF e DIOGO ....

... COMO SEGUE:

************************

http://www.advivo.com.br/comentario/re-conjuntura-golpe-e-correlacao-de-forcas-22

Re: Conjuntura, Golpe e Correlação de Forças
sab, 05/01/2013 - 18:09


Prezados Nassif e Diogo,

Artigo pertinente ao quadro atual da política brasileira. Quanto às FFAA serem refratárias ao PT, credito essa visão muito ainda ao velho estereótipo de que os militares, golpistas e pró-USA que são, são e sempre serão anti-PT. Não é verdade.
*********************
*********************
No mais, o que há é um período de transição na Força: uma velha guarda, pró-USA incondicional, que sai; e uma nova guarda, nacionalista, com conceitos fortes e definidos de guerra assimétrica, com conhecimento amplo do xadrez geopolítico mundial, quem são os impérios, seus interesses e seus modus operandi modernos.
Um abraço cordial
MAJ INF Mascarenhas Maia

************************
NOTA:
CASO SEJA UM HOMÔNIMO QUE ASSINOU O “recado” ACIMA,
QUEIRA POR GENTILEZA DESCONSIDERAR A SEGUNDA PARTE DESTE COMENTÁRIO.

Atenciosamente.
Manoel Vigas

Anônimo disse...

Sr. Mascarenhas Maia - Maj Inf - ganhar do Partido dos Trapaceiros nas URNAS 100% FRAUDÁVEIS?, acho impossível, pois as urnas comprovadamente por qualquer técnico de informática são fraudáveis e foram fraudadas para dilmonia ganhar a eleição para presidanta..., assim como o kit gay ganhou para prefeito de S.Paulo! Já estamos vivendo numa ditadura comunista!

Anônimo disse...

He, he...

Como sou do tempo do regime militar e não vi a comunalha tomando surra dos mitares por eu ainda ser criança na época, gostaria muito de que esses vaticínios tornassem-se realidade.

Talver por eu ter sido educado no ensino de 1o. Grau de 1971 a 1978, eu herdei muito do pensamento positivo dos militares.

Nunca participei de atos de amigos e colegas que a meu ver inflingiam as mais básicas noções de lei, ordem e moral.

Eu sinto que perdi esses anos todos porque não vi a comunalha apanhando dos militares apesar de tentarem hoje me convencer de que esse sentimento era devido à falta de liberdade.

Oras, eu nunca senti falta de liberdade pois fiz da escola a minha diversão preferida e tirar nota dez em Matemática e Ciências era para mim uma glória naquela época.

Muita gente que não tem coragem hoje de admitir ao menos para si mesma que sente falta dos militares porque queriam ver o circo pegando fogo para a comunalha e não apenas ouvir falar sobre isso, preferiu fingir que essa saudade é na verdade uma dor que sentem pelo fato de não terem tido liberdade na época.

Os petistas hoje adoram fazer-me mudar de idéia a respeito de meus sentimentos e se pudessem me matariam por eu sentir o que todo mundo sente mas interpretar meus sentimentos em suas verdadeiras razões e não nas razões que querem fazerem-me acreditar.

Oras, se essa dorzinha que chamo de saudade e frustração fosse realmente causada pela falta de liberdade eu não estaria nem aí com isso, pois hoje, tendo dinheiro, bom emprêgo, boa casa, liberdade, etc... eu não sinto a mínima vontade de sair por aí.

Aliás, diante da atual democracia e com tanta gente em pé de guerra eu prefiro mesmo é ficar em casa e nem por isso sinto que desperdicei meu final de semana com isso.

Por outro lado, se os militares fossem acionados e o circo começasse a pegar fogo para a petralhada aí sim que eu adoraria sair de casa para ver malando apanhando dos militares.

E TENHO DITO!!!

Anônimo disse...

Caro General,

No sou de esquerda, nem de centro, muito menos de direita. Não gosto de Dilma, de Lula, de FHC e de Sarney, e muito menos do milicos presidentes que governaram o país na época do regime de exceção. Sou apenas um cidadão brasileiro, que ama seu país, respeita as leis e fiel à democracia.
Respeito seu ponto de vista. Data vênia, discordo. Infelizmente, vejo nas entrelinhas de suas palavras a apologia a outros regimes de exceção: retirar a PeTralhada e introduzir no país a famigerada Diretralha. Na verdade, o que devemos defender á a democracia, o voto popular e o desenvolvimento do nosso país, com geração de emprego, livre iniciativa empreendedora e a redução da desigualdade social. Abraços fraternos.

Marco Nogueira disse...


Senhores,

Vocês com essas ideias, de gente derrotada, recalcada, ainda acabarão sendo levados a um suicídio coletivo. Será que não percebem que o Governo petista ainda vai pra, no mínimo, 12 anos, com DILMA mais uma vez, e depois LULA mais duas vezes?

Anônimo disse...

Tem alguns filhos da puta de petistas escrevendo aqui.

Nada que uma .50 não resolvesse!

Venha daí uma democracia militar para derrubar esta ditadura marxista!

Anônimo disse...

Tomara que venha, pois quero comemorar o renascimento da Patria!

Nao vivi a epoca da ditadura, nao sou comunista, ecochato, ciclista, nem muito menos compartilho da "jumencia-asnice" dos idiotas uteis que são os maiores responsaveis pela perpetuaçao desse porcos comunistas-petistas no poder!! É a idiotia util disfarçada de modernismo e sustentabilidade!

Quero ver ordem, lei,progresso funcionar no meu país!!!!

Chega!!!! E tenho dito!!!!

Gililiu

Anônimo disse...

General faço das suas palavras as minhas. Tá demorando demais pra isso acontecer. Como dizia o ex-locutor Osmar Santos, durante as transmissões esportivas "Pra cima deles Brasil" vamos intermediar logo o encontro dessa corja de comunistas com o capeta.
Missão dada é missão cumprida. E comunista bom é comunista morto!

Anônimo disse...

Democracia dá trabalho, afinal, ficamos 500 anos nas mãos das elites brasileiras que, em todo os regimes, se apoderaram da máquina do estado para tirar proveito próprio e manter o povo longe do poder. A democracia é o melhor remédio. Se não houvesse o golpe de 64 a juventude brasileira continuaria acreditando na política, indo as ruas fazer a defesa de seus ideais.A pior democracia será sempre melhor do que qualquer ditadura.O Brasil vai evoluindo, tudo que acontecia ontem, debaixo dos panos agora vai sendo revelado. É isso aí: militância, cidadania, democracia e paz, contrao golpe de qualquer ideologia.

CAntonio disse...

Infelizmente, O Partido do Trabalhadores está no poder há três mandatos e, provavelmente, NÃO permanecerá APENAS por mais um: "Quem vota e como vota não conta nada; quem conta os votos é que realmente importa" -
Josef Stalin - Primeiro Ministro da União Soviética