domingo, 15 de dezembro de 2013

Investiguem… Mas com Moderação?

Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

A hipotética mensagem usada para título desta nota cabe como uma luva para retratar o recado que os políticos do PT e do PSDB têm passado a respeito do que querem que aconteça com as investigações sobre o escândalo conhecido como “O Cartel do Metrô de São Paulo”. Na verdade, ninguém quer que se investigue nada, de verdade. Mas petistas e tucanos querem tirar proveito político-eleitoreiro no ataque-defesa.

Vamos fingir que acreditamos em ambos os lados. PT e PSDB juram que têm todo o interesse na apuração das denúncias. Sendo tal mentira verdadeira, então seria interessantíssimo acatar uma sugestão do engenheiro João Vinhosa. Se tucanos e petistas quisessem realmente aprofundar as investigações, provando inocências ou comprovando culpas, bastaria fazer uso do Acordo Brasil – Estados Unidos para combater cartéis formados por empresas que atuem em ambos os países. 

No vídeo abaixo, Vinhosa salientou que o uso de referido Acordo, além de aprofundar as investigações, trará um benefício adicional de inestimável valor para o Brasil: demonstrará às empresas transnacionais que atuam nos dois países signatários que – se elas forem aqui investigadas por formação de cartel – certamente também serão investigadas pelo mesmo crime nos EUA. E, com toda a certeza, o receio da investigação pelas autoridades norte-americanas funcionará como um forte fator de dissuasão, inibindo a atuação de tal tipo de cartel no Brasil.

Acontece que existe o perigo de as eficientes autoridades norte-americanas descobrirem, inclusive, a maneira de as envolvidas (Alstom e Siemens) pagarem propinas a políticos. E isso pode criar problemas para todos – não só com relação a fornecimentos para o metrô, mas também em relação a outros fornecimentos, como, por exemplo, para obras do PAC. Ou seja, o mesmo pau que pagou o mensalão para o Francisco pagou para o Chico...

Será que o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo foi realmente sincero ao se referir à denúncia anônima que encaminhou à Polícia Federal sobre o envolvimento de tucanos em corrupção no caso do Cartel do Metrô de São Paulo? Cardozo posou como um petista do passado, craque em sentar o dedo em tudo e todos: “Se eu não encaminhasse este documento, incorreria em delito e em uma postura incompatível com a ética que o cargo exige".

Se Cardozo foi realmente sincero na declaração, como ele deveria agir, de forma republicana, ao tomar conhecimento da denúncia de Vinhosa, sugerindo, oficialmente, que apele ao Acordo Brasil-EUA de combate aos cartéis? Só cabe uma resposta dentro da lei: o Ministro Cardozo deveria ordenar que a Polícia Federal investigue o caso, de verdade, mesmo que, no final das contas, o PT saia chamuscado.

O Cardozo terá coragem de engavetar a denúncia do Vinhosa? Vai descumprir o Acordo que o Brasil firmou com os EUA?

Melhor o Cardozo ver o vídeo do Vinhosa, umas 13 vezes, e tomar a única providência cabível. Convocar a turma do Tio Sam para cuidar do caso.


Vida que segue... Ave atque Vale! Fiquem com Deus.

O Alerta Total tem a missão de praticar um Jornalismo Independente, analítico e provocador de novos valores humanos, pela análise política e estratégica, com conhecimento criativo, informação fidedigna e verdade objetiva. Jorge Serrão é Jornalista, Radialista, Publicitário e Professor. Editor-chefe do blog Alerta Total: www.alertatotal.net. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.


A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Em nome da ética democrática, solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. Nada custa um aviso sobre a livre publicação, para nosso simples conhecimento.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 15 de Dezembro de 2013.

5 comentários:

Anônimo disse...

O PT não quer investigar nada. Acham mesmo que eles querem mexer neste vespeiro que com certeza poderá ter consequências devastadoras para o governo federal. Eles querem colocar a reputação do governador Geraldo Alckmin em dúvidas. Só isto. nada além disto. Porque estão desesperados para assumir o comando do estado de São Paulo.
E as consequências disto, se ocorrer, será devastadora também.

Vamos por a petralhada pra vazar.



Anônimo disse...

15 de Dezembro de 2013
LULA DEU ASILO A BATTISTI PARA PAGAR DÍVIDA PESSOAL
O delegado Romeu Tuma Jr. era secretário Nacional de Justiça, e por isso testemunhou os bastidores da decisão do então presidente Lula de proteger o terrorista italiano Cesare Battisti. Em seu livro “Assassinato de Reputações” (ed. Topbooks, Rio), ele revela que Lula não foi motivado pela ideologia, ao conceder “asilo político” ao criminoso, mas por “dívida de gratidão” com o advogado Luiz Eduardo Greenhalgh.
DEDICAÇÃO PREMIADA
O ex-presidente queria retribuir a Greenhalgh as várias defesas que fez dele na Justiça, sem cobrar, e por sua dedicação aos interesses do PT.
SENTIMENTO DE CULPA
Lula se sentia culpado por vários reveses do amigo, como a humilhante derrota para Severino Cavalcante na briga pela presidência da Câmara
PADRINHO REAL
Segundo Tuma Jr, Battisti ganhou asilo porque Greenhagh pediu e não por influência de Tarso Genro, ex-ministro da Justiça. Simples assim.
ASSASSINO CRUEL
Cesare Battisti foi condenado duas vezes à prisão perpétua, na Itália, pelo assassinato de quatro inocentes, a serviço de um grupo terrorista.
http://www.diariodopoder.com.br/coluna/lula-deu-asilo-a-battisti-para-pagar-divida-pessoal/

CEL CESAR PINTO - averdadedasmentiras-unknown disse...

CARO JORNALISTA SERRÃO
O CONGRESSO NACIONAL DO PT QUER ABAFAR O ESCÂNDALO DO MENSALÃO COM O ESCÂNDALO DO METRO DE SÃO PAULO.


A MAGIA DOS CONGRESSOS NACIONAIS - UM BANDO DE CORRUPTOS UNIDOS EM BUSCA DO DINHEIRO DO POVO INOCENTE ÚTIL

ESTE CONGRESSO NACIONAL DO PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT) E SEUS COLIGADOS É A VERGONHA NACIONAL.

NÃO É MUITO DIFERENTE DO CONGRESSO NACIONAL BRASILEIRO (DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES).

O POVO INOCENTE ÚTIL NOS PRÓXIMAS ELEIÇÕES EM 2014 VAI COLOCÁ-LOS TODOS NO OLHO DA RUA EM TODOS OS ESTADOS BRASILEIROS.

VAMOS DESTITUIR TODOS AQUELES COM MANDATOS EM TODO TERRITÓRIO NACIONAL. PRESIDENTE, GOVERNADORES E TODOS QUE COMPÕEM O CONGRESSO NACIONAL.

VAMOS LIMPAR O BRASIL, MOSTRANDO QUE O PODER EMANA DO POVO.

NÃO COMPARECEREMOS NO DIA DAS ELEIÇÕES PARA VOTAR EM NINGUÉM DESSES PARTIDOS CORRUPTOS QUE INFESTAM ESTA NAÇÃO.

VAMOS PAGAR PRA VER OS ACONTECIMENTOS. TERÃO QUE APRESENTAR NOVOS CANDIDATOS E QUEM SABE ATÉ CANDIDATOS AVULSOS PARA OS CARGOS ELETIVOS.

VAMOS VER QUANTOS SÃO OS BRASILEIROS QUE ESTÃO DE ACORDO COM OS DIRIGENTES DO PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT ) E SEUS COLIGADOS, HOJE, VERDADEIROS ARTICULADORES DO CRIME ORGANIZADO NO BRASIL.

VAMOS VER SE ESTE CONGRESSO DO PT TEM FORÇA PARA REELEGER UM PRESIDENTE.

Anônimo disse...

"Rothschilds Tupiniquins? Caso Dirceu-Hotel Saint Peter revela o poder da Elite sobre a mídia de massa


Os Rothschilds são uma tradicional família mundialmente famosos pelo poder nas áreas dos bancos e industrias.

(...)


O caso Dirceu-Hotel Saint Peter trouxe a tona uma nova área de atuação do braço brasileiro dos Rothschilds: A comunicação de massa. Tudo ficou claro quando se descobriu que uma Empresa sediada no panamá (um paraíso fiscal) a Truston international administrava o hotel Saint Peter. Foi divulgado o capital social da empresa onde o dono do hotel Paulo Masci de Abreu detinha apenas R$1,00 dos R$ 500.000,00 e que o procurador da Truston era um Rothschild, Raul Rothschild de Abreu, Filho do dono do hotel Paulo Masci de Abreu e Luci Rothschild de Abreu. Porém o foco da mídia recaiu na Truston International, por ter um laranja pobre como presidente, e não no procurador dela, um Rotschild. Para um melhor panorama, é importante destacar que os Masci de Abreu são filiados ao PTN e ligados a politica através do presidente do PTN, José Masci de Abreu, que é coligado do PT e possui 1 emissora de rádio. As concessões de TV e Radio no Brasil nunca foram para qualquer um, não é necessário só dinheiro para se obter concessão, mas poder e influencia, ou apenas ser um Rothschild como fica nítido a seguir.


Paulo Masci de Abreu, filiado e irmão do presidente do PTN possui 14 emissoras de radio e uma emissora de TV com 10 retransmissoras para 10 cidades do Rio Grande do Sul. Paulo é casado com Luci Rothschild de Abreu que aparece com 7 emissoras de radio em seu nome. Paulo e Luci tiveram três filhos Rothschilds que por sua vez são donos de emissoras de rádio: Raul Rothschild de Abreu, Tais Rothschild de Abreu Lilla e Cintia Rothschild de Abreu Alvarenga.

(...)"


Paulo Masci de Abreu, filiado e irmão do presidente do PTN possui 14 emissoras de radio e uma emissora de TV com 10 retransmissoras para 10 cidades do Rio Grande do Sul. Paulo é casado com Luci Rothschild de Abreu que aparece com 7 emissoras de radio em seu nome. Paulo e Luci tiveram três filhos Rothschilds que por sua vez são donos de emissoras de rádio: Raul Rothschild de Abreu, Tais Rothschild de Abreu Lilla e Cintia Rothschild de Abreu Alvarenga.

Leia mais: http://www.libertar.in/2013/12/rothschilds-tupiniquins-caso-dirceu.html#ixzz2naoGC7et

Anônimo disse...

"Ninguém sabe o que veio fazer o ditador Castro no Brasil

Ninguém soube informar o que veio fazer no Brasil o ditador cubano Raul Castro, que passou o dia em Salvador na companhia do governador petista Jacques Wagner, seu admirador, como são seus admiradores todos os dirigentes do PT e os petistas do governo Dilma Roussef. Raul é irmão de Fidel Castro e fez com ele a revolução de 1959 que implantou o comunismo em Cuba.

(...)"

http://polibiobraga.blogspot.com.br/2013/12/ninguem-sabe-o-que-veio-fazer-o-ditador.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed:+JornalistaPolibioBraga+(Jornalista+Polibio+Braga)