sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Jogo de Cartas Infantil - Mico


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Para quem se lembra, o objetivo era formar os casais de bichos e passar para um outro jogador a carta representando o Mico, que não tinha par. Ao término, quem ficasse com o Mico, perdia o jogo.

Era, portanto, um jogo de saber quem vai perder e não de quem vai ganhar.

O momento político atual é muito semelhante ao inverso.

Perderemos todos com exceção de quem ficar com o Mico.

Napoleão Bonaparte dizia que os seus eram insaciáveis.

O próximo régulo de opereta vai pular miudinho para equilibrar inúmeros pratos girando nas varetas.

Nem mesmo assessorado por antigos palhaços decadentes conseguirá iludir por muito tempo o respeitável público.

Se por clemência sobreviver, passará o resto de seus dias na Ilha da Fantasia, mais inóspita que Santa Helena.


Carlos Maurício Mantiqueira é Livre Pensador.

3 comentários:

Loumari disse...

Castigo por desobediência


O Senhor levantará contra ti uma nação de longe, da extremidade da terra, que voa como a águia,(de Avião) nação cuja língua não entenderás;

Nação feroz de rosto, que não atentará para o rosto do velho, nem se apiadará do moço;
E comerá o fruto dos teus animais, e o fruto da tua terra, até que sejas destruido; e não te deixará grão, mosto nem azeite, criação das tuas vacas, nem rebanhos das tuas ovelhas, até que te tenha consumido;

E te angustiará em todas as tuas portas, até que venham a cair os teus altos e fortes muros, em que confiavas, em toda a tua terra; e te angustiará até em todas as tuas portas, em toda a tua terra que te tem dado o Senhor, teu Deus;

E comerás o fruto do teu ventre, a carne dos teus filhos e das tuas filhas, que te der o Senhor,
teu Deus, no cerco e no aperto com que os teus inimigos te apertarão.

Quanto ao homem mais mimoso e mui delicado entre ti, o seu olho será malígno contra o seu irmão, e contra a mulher do seu regaço,
e contra os demais dos seus filhos que ainda lhe ficarem;

De sorte que não dará a nenhum deles da carne dos seus filhos, que ele comer; porquanto nada lhe ficou de resto no cerco e no aperto com que o teu inimigo te apertará em todas as tuas portas.

E, quanto a mulher mais mimosa e delicada entre ti, que de mimo e delicadeza nunca tentou pôr a planta do seu pé sobre a terra,
será malígno o seu olho contra o homem do seu regaço, e contra o seu filho, e contra a sua filha;

E isto por causa das suas páreas, que sairem de entre os seus pés, e por causa dos seus filhos que tiver;

Porque os comerá as escondidas, pela falta de tudo, no cerco e no aperto com que o teu inimigo te apertará nas tuas portas.

Se não tiveres cuidado de guardar todas as palavras desta lei, que estão escritas neste livro para temeres este nome glorioso e terrível, o Senhor, teu Deus;

Então o Senhor fará maravilhosas as tuas pragas, e as pragas da tua semente, grandes e duradouras pragas, e enfermidades más e duradouras;
E fará tornar sobre ti todos males do Egipto, de que tu tiveste temor, e se apegarão a ti.

Também o Senhor fará vir sobre ti toda a enfermidade e toda a praga, que não esta escrita no livro desta lei, até que sejas destruido.

E ficareis poucos homens, em lugar de haverdes sido como as estrelas dos céus em multidão;
porquanto não destes ouvidos a voz do Senhor, teu Deus.

E será que, assim como o Senhor se deleitava em vós, em fazer-vos bem e multiplicar-vos, assim o Senhor se deleitará em destruir-vos e consumir-vos;
e desarraigados sereis da terra, a qual tu passas a possuir.

E o Senhor vos espalhará entre todos os povos, desde uma extremidade da terra até a outra extremidade da terra;
e ali servirás a outros deuses, que não conheceste, nem tu nem os teus pais: ao pau e a pedra.

E nem ainda entre as mesmas gentes descansarás, nem a planta do pé terá repouso; porquanto o Senhor ali te dará coração tremente, e desfalecimento dos olhos, e desmaio da alma.

E a tua vida como suspensa estará diante de ti; e estremecerás de noite e de dia, e não crerás na tua própria vida.
Pela manhã, dirás: Ah! quem me dera ver a noite! E a tarde, dirás:

Ah! quem me dera ver a manhã! pelo pasmo do teu coração, com que pasmarás, e pelo que verás com os teus olhos.

E o Senhor te fará voltar ao Egipto, em navios, pelo caminho de que te tenho dito:
Nunca jamais o verás: e ali sereis vendidos por servos e por servas, aos vossos inimigos; mas não haverá quem vos compre.
(DEUTERONOMIO 28:49)

Loumari disse...


E sucedeu, depois de toda a tua maldade (ai! ai de ti! diz o Senhor JEOVA),

Que edificaste uma abóbada, e fizeste lugares altos por todas as ruas.
A cada canto do caminho, edificaste o teu lugar alto, e fizeste abominável a tua formosura,
e alargaste os teus pés a todo o que passava: e multiplicaste as tuas prostituições.

Antes, multiplicaste as tuas prostituições na terra de Canaan(Africa) até Caldeia, e nem ainda com isso te fartaste.

Quão fraco é teu coração, diz o Senhor JEOVA, fazendo tu todas estas coisas, obra de uma maretriz imperial!

Edificando tu a tua abóbada, ao canto de cada caminho, e fazendo o teu lugar alto em cada rua, não foste sequer como a meretriz, pois desprezaste a paga.

Foste como a mulher adúltera que, em lugar de seu marido, recebe estranhos.

A todas as meretrizes dão paga, mas tu dás a todos os teus amantes;
e lhes dás presentes, para que venham a ti de todas as partes, pelas tuas prostituições.

Assim que contigo sucede o contrário de outras mulheres nas tuas prostituições,
pois após ti não andam para prostituição; porque, dando tu a paga, e a ti não sendo dada a paga, fazes o contrário.

Portanto, ó meretriz, ouve a palavra do Senhor.

Assim diz o Senhor JEOVA: pois que se derramou o teu dinheiro, e se descubriu a tua nudez, nas tuas prostituições com os teus amantes, como,
também, com todos os ídolos das tuas abominações, e no sangue de teus filhos que lhes deste:

Eis que ajuntarei todos os teus amantes, com os quais te misturaste, como, também, todos os que amaste, com todos os que aborreceste,
e ajunta-los-ei contra ti, em redor, e descobrirei a tua nudez diante deles, para que vejam toda a tua nudez.

E julgar-te-ei como são julgadas as adúlteras e as que derramam sangue; e entregar-te-ei ao sangue de furor e de ciúme.

E entregar-te-ei nas suas mãos, e derribarão a tua abóbada, e transformarão os teus altos lugares,
e te despirão os teus vestidos, e tomarão as tuas joias de enfeite, e te deixarão nua e descoberta.

Então te lembrarás dos teus caminhos, e te confundirás, quando receberes tuas irmãs mais velhas do que tu,
com as mais novas do que tu, porque tas darei por filhas, mas não pelo teu concerto.
Porque EU estabelecerei o meu concerto contigo, e saberás que EU SOU O SENHOR.

Para que te lembres, e te envergonhes, e nunca mais abras a tua boca, por causa da tua vergonha, quando me reconciliar contigo de tudo quanto fizeste, diz o Senhor JEOVA. (EZEQUIEL 16:23 )

Loumari disse...


O estrangeiro, que está no meio de ti, se elevará muito sobre ti, e tu mui baixo descerás;

Ele te emprestará a ti, porém tu não lhe emprestarás a ele: ele será por cabeça, e tu serás por cauda.

E todas estas maldições virão sobre ti, e te persiguirão, e te alcançarão, até que sejas destruido:

porquanto não haverás dado ouvidos a voz do Senhor, teu Deus, para guardar os seus mandamentos, e os seus estatutos, que te tem ordenado.
(DEUTERONOMIO 28:43)