sábado, 28 de março de 2015

O Agonizante PT?


Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Valmir Fonseca

Seria bom se você verdade. Os últimos contratempos enfrentados pelo PT transmitem aos nacionais crédulos, de que a canalha convulsiona.

Ledo engano. Enfraquecido, perdeu apenas uma modesta parte de sua capacidade de cooptar gregos e troianos. Assim, o partido passa por dificuldades, mas de forma alguma, está perto de seu funeral.
Para alguns nacionais, a atual oposição surge para confrontar a quadrilha que há décadas corrompe e desmoraliza a nação.

Repito. Ledo engano. Não existe uma oposição.

Existe de fato uma luta pelo poder, mas não pelo Brasil do futuro.
Partidos antes integralmente cooptados, atualmente assumiram a ambição de aumentar o seu poder e oferecem alguma reação ao domínio total.
Lastimavelmente, o embate fajuto e passageiro a que assistimos não é pela recuperação de nossa Pátria. A refrega é tão somente para que partidos como o PMDB, retirem do PT o seu poder total, e eles assumam uma maior fatia do butim.

Assistimos aos sobressaltos atuais entre o Executivo e o Congresso, este sob a meia liderança do PMDB, e alguns julgam que estamos diante de uma verdadeira oposição aos descalabros do Petismo.

Reiterando. Ledo engano.

Inicialmente, entendemos que as meras picuinhas serão de curta duração, além de termos a convicção de que o PMDB pouco se diferencia do Petismo.
Os atuais atritos são circunstanciais e facilmente contornáveis, mediante a troca de favores, e as duas partes são useiras e veseiras em costurar conchavos.

Portanto, afirmamos que não existe qualquer oposição ao domínio petista, apenas o desejo de outro partido, de receber uma melhor parte do saque.
Conhecemos os personagens que lideram as posições do PMDB, o escorregadio Renan e o abominável Cunha, lapidares patifes que na atualidade ocupam posições na escabrosa política nacional, e que decidiram azucrinar a paciência do Executivo petista.

Podemos constatar que não estamos diante de algo que se proponha a mudar os rumos caóticos determinados pelo lulo-petismo, e somos apenas os submissos assistentes que presenciam ao entrechoque de canalhas.
Um e o outro arreganham os dentes, mas não se mordem, pois sabem que o seu interesse é manter o populacho inerme, pagando as suas altas contas e nada mais do que isto.

O melífluo debate, desta forma, desvia a opinião pública dos terríveis malefícios do petrolão e de muitas outras patifarias que mergulham esta nação num poço fedorento de corrupção.

Somos apenas a parte da pilhagem que permite aos escabrosos políticos se locupletar, mergulhados no poder e acima de qualquer lei.

A caricatura da pantomima é acompanhada de palavrório ácido entre os embromadores que alardeiam o seu interesse pelo ESTADO NACIONAL; contudo, estamos na maior bancarrota, fracassados em todos os empreendimentos que deveriam enriquecer e engrandecer uma nação.

Brasileiros, como regredimos!

Nas últimas décadas fomos agraciados com uma malta de canalhas que, no momento, ansiando por dominar a nossa pobre gente e explorar esta terra à exaustão, brigam entre si.

Envelhecemos, perdemos espaço no cenário internacional, a nossa infraestrutura deteriorou - se, a nossa educação regrediu, a nossa saúde pública definhou, a nossa justiça é parcial, a nossa democracia é manipulada, temos até um “exercito”, o de Stédile, portanto, solicitamos que alguém aponte qualquer coisa, área, ou fato em que tenhamos uma ponta de orgulho.

Somos o País mais corrupto do universo, para quem gosta, é um grande destaque.

Que Deus tenha piedade de nós...


Valmir Fonseca Azevedo Pereira é General de Brigada, reformado.

3 comentários:

Loumari disse...


Nos lugares altos se ouvia uma voz, pranto e súplicas dos filhos de Israel;
porquanto perverteram o seu caminho, e se esqueceram do SENHOR, SEU DEUS.
( JEREMIAS 3:21 )



SE voltares, ó Israel, diz o Senhor, para mim, voltarás; e se tirares as tuas obominações de diante de mim, não andarás mais vagueando.
E jurarás: Vive o Senhor na verdade, no juízo e na justiça; e nele se bendirão as gentes, e nele se gloriarão.
Porque assim diz o Senhor, aos homens de Judá e a Jerusalém: Lavrai para vós o caminho de lavoura, e não semeeis entre espinhos.
( JEREMIAS 4 )



Porque o Filho do homem veio salvar o que se tinha perdido.
( MATEUS 18:11 )



Se alguém me serve, siga-me, e, onde eu estiver, ali estará, também, o meu servo.
E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.
( JOÃO 12:26 )



Todos os pecadores do meu povo morrerão à espada, os que dizem: Não se avizinhará nem nos encontrará o mal.
( AMÓS 9:10 )




Mas esta terra será posta em desolação, por causa dos seus moradores, por causa do fruto das suas obras.
( MIQUEAS 7:13 )



A soberba do teu coração te enganou, como o que habita nas fendas das rochas, na sua alta morada, que diz no seu coração:
Quem nos dirribará em terra?
Se te elevares como águia, e puseres o teu ninho entre as estrelas, dali, te derribarei, diz o Senhor.
( OBADIAS 1:3 )



Porque o SENHOR DOS EXÉRCITOS suscitará contra ele um flagelo, como a matança de Midian junto à rocha de Oreb, e como a sua vara sobre o mar, que contra ele se levantará, como sucedeu aos egípcios.
( ISAIAS 10:26 )



E acontecerá, naquele dia, que os resíduos de Israel, e os escapados da casa de Jacob, nunca mais se estribarão sobre o que os feriu;
antes se estribarão sobre o Senhor, o SANTO DE ISRAEL, EM VERDADE.
( ISAIAS 10:20 )

manrel disse...

Também sou um completo insatisfeito com a situação em que se encontra o nosso país - verde e amarelo manchado de vermelho! Mas o que esperar de um povo ignorante, politicamente analfabeto e eternamente estadodependente? Fizemos algum progresso; 51 milhões votaram contra o "status quo", mas o processo de crescimento para formação de uma maioria consciente é lento, penoso e exasperante para todos nós. Concordo com o general que às classes dominantes apenas interessa o imediato benefício próprio em detrimento da nação. Temos ido às ruas manifestar o nosso descontentamento, mas desarmados e à mercê de um processo eleitoral fraudulento, como poderemos pela via democrática mudar essa situação? Sou pela legítima e urgente Intervenção Institucional, como determina a nossa Constituição em caso de falência dos demais poderes constituídos. Diante de toda a evidência, de toda a agressão e todo o escárnio, o que mais esperam as FFAA para cumprirem o dever de nos liderarem na preservação da identidade de um povo e na salvaguarda da Pátria?

Anônimo disse...

Uma malta de canalhas que domina e está dentro até mesmo das FFAAs, a verdade seja dita. Chegamos ao ponto que chegamos por conta da ação anti-revolucionária de certos milicos progressistas, como Golbery. Hoje, nas FFAAs, só restam pilantras e arremedos de homem, enfim, covardes e traidores. E fora, na reserva, também. Taí o palhaço que é presidente do Clube Militar que não me deixa mentir.