sexta-feira, 23 de agosto de 2019

O projeto de abuso que a Câmara não aprovou



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Marcelo Mafra

Ao contrário do que se divulga, o projeto de lei sobre o abuso de 
autoridade realmente não foi aprovado, mas sim rejeitado pela Câmara dos 
Deputados.

Para os que não entenderam, fica fácil explicar.

Acompanhei, pela mídia, como cidadão, o que ocorreu na Câmara dos 
Deputados, na votação do projeto de lei nº 7596/17 sobre o abuso de 
autoridade. Também tenho acompanhado as manifestações contrárias de 
várias entidades sobre as inconsistências do referido projeto de lei.

Sobre a tal votação “simbólica” desse projeto de lei, no Plenário, o Sr. 
Rodrigo Maia agiu de forma totalmente indevida e contrária ao Regimento 
Interno.

No caso de não ser feita votação nominal, mas sim simbólica, o que 
determina esse regimento interno, em seu art. 185, é que o presidente da 
Câmara deveria dizer: “os que forem a favor permaneçam sentados”.

Art. 185. Pelo processo simbólico, que será utilizado na votação das 
proposições em geral, o Presidente, ao anunciar a votação de qualquer 
matéria, convidará os Deputados a favor a permanecerem sentados e 
proclamará o resultado manifesto dos votos.

Em vez disso, ele disse: “os que forem a favor permaneçam como se 
acham”.

Observando-se o vídeo da votação, percebe-se que “havia muito mais 
deputados em pé” do que sentados.

Então, o resultado da votação, se for se considerar o que realmente está 
determinado pelo regimento interno, foi de "rejeição" do projeto, e não 
de sua aprovação.

Esse detalhe deveria ser verificado e divulgado amplamente, inclusive 
pela imprensa e demais mídias, mostrando que houve "distorção" do 
"resultado" da votação, devido à manipulação realizada por Rodrigo Maia.

Ou seja, mesmo em votação simbólica, o projeto foi "rejeitado", e não 
aprovado.

Isso significa que o feitiço (votação simbólica) virou contra o 
feiticeiro (Rodrigo Maia).

Em vez de ficarem reclamando sobre necessidade de possíveis vetos 
parciais ou veto total, deveriam se concentrar nisso que apresentei, que 
é tão simples e óbvio.

Marcelo Mafra Magalhães de Lima Franco é Engenheiro Eletrônico, M.Sc. em Engenharia Elétrica pela COPPE/UFRJ.

2 comentários:

Loumari disse...

Num país onde o povo é mais inteligente do mundo, um país com todas as riquezas do mundo, acontece que suas câmaras (parlamento, senado,...) não estão equipados de tecnologia moderna, com sistema de votação electrónico centralizado, equipado cada assento de deputado e senador de botões electrónicos: Botão verde para voto a favor; Botão vermelho contra; Botão laranja para abstenção; não têm isso? Que bárbaro! o povo mais inteligente do mundo, nação de grandes sábios, e se exerce as funções públicas e no comando do executivo em condições obsoletas e primitivas? E são estes dignitários, raça superior (deus é brasileiro; Brasil acima de tudo dizem aquela gente que se autoproclamou omnipotente), gentes que vomitam ódio e proferem tanta maldição contra Venezuela, e são estas mesmas que, para eleger o seu deus, salvador e redentor do Brasil messias bolsobesta usaram do sistema de votação electrónico que é tecnologia criada por Venezuela no mandato de Hugo Chavez. Para gentes que abominam os socialistas recorrer aos produtos criação destes para vossa vantagem não é isso atitude da mais baixa, um sentimento totalmente ignóbil? Como vocês podem legitimar messias bolsobesta como presidente de Brasil tendo sido eleito via mecanismo que são as urnas electrónicas de tecnologia e fabricação venezuelana? E o vosso ódio contra os comunistas? Engoliram o vosso orgulho de superioridade?
Vocês brasileiros, de tanto amaldiçoar outros povos, amaldiçoar outras nações, o que o vento carregou de vocês na sua passagem, e como todos sabemos que nem sempre o vento segue uma só e mesma direcção, chega o dia em que o vento muda de direcção e toma o caminho inverso e traz consigo tudo o que carregou na sua passagem e deposita em cada um o fruto daquilo que plantou. Aquele vento que carregou todas as maldições proferidas por vocês, todo o vosso ódio e crueldade contra todos os povos que vocês amaldiçoaram e odiaram com tal crueldade sem que estes vos tenha feito mal algum, nem nunca ter-se interferido em vossos assuntos internos, o vento que carregou o tudo nos seus tesouros se vos devolve e com grandes recompensas.

Sinceramente vocês brasileiros, olhem para vocês! olhem pela vossa vergonha! Mas para o Pavor mundial, brasileiros são destes que desconhecem este sentimento que se chama VERGONHA. A própria palavra de Deus diz:


Porventura envergonham-se de cometer abominação? pelo contrário, de maneira nenhuma se envergonham, nem sabem que coisa é envergonhar-se; portanto, cairão entre os que caem e tropeçam no tempo em que EU OS VISITAR, DIZ O SENHOR.
(JEREMIAS 8:12)

Anônimo disse...

Ao ..Loumari..Loumari..Loumari..Loumari..Loumari..Loumari.. (com dedicatória aos 0:45 do vídeo). https://www.youtube.com/watch?v=s8R4Ji1QAkE