quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Shows de Demagogia Populista



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

O espectro do populismo político e midiático ronda o mundo. A Câmara de Representantes dos EUA votou ontem a favor do impeachment do Presidente Donald Trump por abuso de poder e obstrução do Congresso. Pura jogada para a galera... Show de demagogia populista e eleitoreira dos Democratas. A brincadeira não passa no Senado, onde os Republicanos têm maioria... O impedimento de araque, no entanto, é uma pedrinha no sapato do Trump em ritmo frenético de campanha reeleitoral, também com discurso populista...

Aqui no Brasil, a demagogia política causa prejuízo econômico para a sociedade e “rouba” mais dinheiro da endividada administração pública. A aprovação do imoral fundo eleitoral merece uma maciça campanha contrária pela sociedade. Nada justifica dar dinheiro para partidos políticos que funcionam, ilegitimamente, como “cartórios” – que têm o monopólio de negociar vagas para as disputas eleitorais. Partidos podem existir, mas com recursos próprios captados junto a seus apoiadores. Jamais com dinheiro público. Será que Jair Bolsonaro vai vetar?

Outra necessidade urgente. O mais saudável para a construção democrática é a permissão para candidaturas independentes dos partidos para a livre escolha de representantes. Isto seria perfeito em um sistema de escolha baseado no Voto Distrital. O poder local ganharia força. E as campanhas ficariam infinitamente mais baratas e próximas do eleitorado. Tudo seria muito melhor se o voto fosse facultativo. Vota quem quer. Voto Obrigatório é ditadura.   

Por que tantas mudanças óbvias, para melhor, demoram tanto a entrar como prioridade na pauta política brasileira? O drama (ou dilema) político deste começo de Era Digital no Brasil. Temos gigantesco poder de difusão da opinião, informação e mentiras (fake news). No entanto, segue reduzida a efetividade de mobilização para ações concretas, fora do “mundo” virtual. As pessoas até se revoltam interiormente, mas parecem se anestesiar na hora de agir.

A maioria fica na perigosa espera de que as coisas vão se resolver naturalmente, sem necessidade da imediata interferência delas. Assim vivemos uma espécie de esquizofrenia pós-moderna. A pessoa fala, porém não faz o que foi falado. Pura demagogia populista praticada pelo cidadão. O suposto representante político vai na mesma balada, e os cartórios (ops, partidos) políticos seguem na mesma balada.

Embora não estejamos no nível ideal de mobilização para ações de reforma e mudança efetivas, o clima de evolução é evidente. Só seria melhor que a pressão popular (até mesmo populista) fosse mais intensa. Os políticos são muito sensíveis à pressão direta do eleitorado. A regra vale para a pegada presencial e para a pressionada via mundo virtual. Só não podemos nos deixar seduzir e enganar pelo show de demagogia populista, seja do político, dos partidos ou da mídia amestrada, abestada, comprada ou vendida...

O fantasma do populismo segue rindo da nossa cara...

Dória x PM paulista


Ricardo Sicchiero analisa como o discurso e prática do Governador João Dória prejudica a imagem da Polícia Militar de São Paulo

Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7





Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 19 de Dezembro de 2019.

5 comentários:

Loumari disse...

OCEANO DE GRAÇAS ❤️ ❤️ ❤️

Desejo que compreendais que Natal não é um ponto de chegada mas ponto de partida. Natal não é um "ponto de extremidade": Natal é "dois pontos": dois pontos que se abre e deve-se pois desvendar toda a palavra.

Devemos todos nós tomar consciência com determinação e lucidez que não chegamos no Natal, mas do Natal partimos. Para muitos cristãos o Natal é o terminal, enquanto tudo deve partir dali: a contar do dia após Natal.

Jesus veio não porque tudo havia permanecido como no início, mas para mudar a vida de cada um. Natal é o nosso renascer e dá origem o novo mundo.
Natal é acontecimento novo que nasce dentro de nós, no nosso coração, no santuário da nossa liberdade. É o nosso coração que floresce, que sana e faz de nós verdadeiras luzes de Natal, verdadeiras estrelas de Natal.

Mons. Don Tonino Bello


❤️ Palavra de Luz

❤️ Amor

❤️ Paz

❤️ Espiritualidade

❤️ Misericórdia

❤️ Gratidão

❤️ Cristo Redentor

❤️ Nova Criação


Criatura: Olha para o céu e pede: Pai abençoa-me; Mãe Santíssima, abençoa-me; São Miguel Arcanjo, abençoa-me; Arcanjo Rafael, abençoa-me; Arcanjo Gabriel, abençoa-me. Graças minha família celestial, os amo. Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. Ámen.


Heavenly Hope

https://www.youtube.com/watch?v=RYeX91G1c7U


LA VOCE DI MARIA - DOLCE CANTO ALLA MADONNA - CON TESTO

https://www.youtube.com/watch?v=pB-T5WICE4o

Rodrigo Almeida disse...

Sinto a população cansada de ter que lutar por cada pequeno avanço.... com a mídia e grande parcela da população contrárias às mudanças

Loumari disse...

Llamado urgentísimo de Jesús El Buen Pastor a Su rebaño - 11/09/2018

https://www.youtube.com/watch?v=Immhhjx95-Y&t=28s

Anônimo disse...

Todas as vezes em que eu me deparo com os textos de Loumari, minha imaginação chegou a um personagem que, depois de se formar no meu subconsciente, não consigo ver de outra forma: vejo um travesti sexagenário, com excesso de pinturas, de robe de seda vermelha,entre almofadas, com um copo de bebida na mão, revoltadissimo por ter sido abandonado por seu antigo amante, José Dirceu. Em seus delírios, ataca a direita, exalta o resto. De vez em quando, pensa na morte e na vida que levou e num desespero, tentando uma reconciliação com Deus, começa, freneticamente a copiar trechos enormes e desconexos entre si. De repente chora, ri, beija o gato, xinga a serviçal, levanta, xinga o Zé Dirceu dizendo que ele é o culpado de tudo. Volta a escrever...

Anônimo disse...

Pai, pra mim eu não nada, só agradeço tantas bênçãos.
Mas peço que ilumine o Loumari, para que ele encontre a luz; e lembro senhor (Pai), que o cão do inferno também é uma criatura que merece misericórdia.