sábado, 18 de abril de 2020

A Coronaconstituição de Bruzundanga



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

Cena na saída da posse do novo ministro da Saúde, no Palácio do Planalto. O repórter do G1 perguntou ao vice-Presidente Antônio Hamilton Mourão: “Como vai?”... O General respondeu, de bate pronto: “Tudo sob controle”... Só que, depois da pausa irônica, arrematou, sorrindo: “Não sabemos de quem”...

Mourão não pode sair falando abertamente... Mas as pessoas de bom senso sabem que, há muito tempo, estamos sob controle do Mecanismo do Crime Institucionalizado. E tem mais: os bandidos e parasitas do Mecanismo não darão trégua no ritmo de aproximações golpistas sucessivas até derrubar o Presidente Jair Bolsonaro (cuja eleição presidencial é considerada uma “zebra” da História).

A turma do Mecanismo tem uma arma mortífera: a Constituição de 1988. O pilar da corrupta Nova República de 1985 é um problema infinitamente grave. A Carta Vilã, batizada de cidadã para enganar otário, representa um desastre equivalente a um Coronavírus. Trata-se de um texto prolixo, que permite infinitas interpretações, dependendo das circunstâncias e interesses políticos ou econômicos. Na prática, é a Coronaconstituição de Bruzundanga – emendada e remendada mais de 150 vezes.

Fala sério... A Constituição foi estrategicamente escrita pela velha oligarquia que opera o Mecanismo. Por isso, é ingenuidade imaginar que a Carta dará respaldo para reformar e mudanças. Na verdade, ela foi feita para garantir que isso nunca ocorra. A ruptura do sistema não será feita pelas interpretações falhas. O sistema escreveu as regras. Segui-las é jogar o jogo do Mecanismo. Por isso, ela tem de ser substituída, assim que forem criadas as pré-condições democráticas.

Não adianta perder tempo com papo furado. Só é bom saber, previamente, que não dá para vencer um Mecanismo autoritário, criminoso, mafioso, extremamente burocrático, cartorial e cartelizado, com inocentes invocações de uma Democracia inexistente. Nossa realidade é de plena insegurança jurídica, porque isto interessa à ditadura criminosa. Falando clara e francamente, a Constituição é ilegal e ilegítima em uma análise de Direito Natural.

O problemaço? A Constituição é o reflexo de um Projeto de Nação. Os (supostos) segmentos esclarecidos da sociedade ainda não comprovaram capacidade, competência e força para debater e definir um rumo estratégico para o Brasil. Não existe um claro projeto que se contraponha à hegemonia do Mecanismo – que reflete o esquema da oligarquia que sempre aplicou variados Golpes de Estado desde 15 de novembro de 1889, quando se proclamou uma República até hoje não implantada correta e civilizadamente.

A situação de Jair Bolsonaro é incômoda. Ele é atacado e sabotado, sem trégua, pela oligarquia que sustenta a Nova República. É odiado pela extrema esquerda que arrasou com o Brasil. É execrado pela mídia canalha ou idiotizada que promove a propaganda suja do Mecanismo. Sofre preconceito da classe média e alta que o elegeu, mesmo sabendo que ele não tinha a sofisticação retórica e marketeira sonhado pelo imaginário de quem se acha “elite”, porém é “zelite”.

Além disso, Bolsonaro faz auto-oposição: se perde na inteligência emocional, fala demais e fornece munição aos inimigos. Tais erros são até compreensíveis (embora não justificáveis) porque é espúria e covarde a pressão gigantesca sobre um Presidente da República que é obrigado a se submeter a um Parlamentarismo ilegítimo, disfarçado, imposto pela Constituição de 88. Na bola dividida com o Senado e a Câmara dos Deputados, quase todo conflito que for mediado pelo STF, será vencido pelos parlamentares, porque a Carta Vilã tem esta lógica. O Governo Federal perde de véspera no “tapetão” do Supremo...

Por força da constituição malandramente parlamentarista, o Presidente só governa se fizer acordo espúrio com um Congresso Nacional composto por parlamentares com pouca representatividade, a maioria eleita e financiada pelos esquemas criminosos que “roubam” o setor público na União, Estados e Municípios. Bolsonaro já cansou de avisar que não faria acordos espúrios com os parlamentares. A postura é bacana, só que compromete a capacidade de governar. Até agora, Bolsonaro contabiliza poucas vitórias legislativas e muitas sabotagens. A previsão é de “colisões” com o Congresso.

O experiente e insuspeito ex-deputado federal Roberto Jefferson – que foi cassado, condenado, preso pelo escândalo do Mensalão e driblou até um câncer – postou ontem uma mensagem no Twitter que desenha o drama vivido pelo Presidente da República: “Bolsonaro é criticado por não ter base no Congresso. Fui deputado do Figueiredo até o Lula. Todos fizeram governo de coalizão, ou seja, toma-lá-dá-cá. Isto é, corrupção. Bolsonaro acabou com essa mamata. Querem que ele volte com isso?”.

Os bandidos querem que nada mude... Por isso, só resta a Bolsonaro acelerar a missão de seu primeiro mandato, vocacionado para um Governo de Transição, que precisa promover reformas, de preferência profundas, na estrutura estatal. Bolsonaro tem de mudar seu foco de ataque. Não basta apontar para as figuras os eventuais presidentes dos poderes. Os reais inimigos de Bolsonaro são os operadores do Mecanismo e da Constituição. Assim, o Presidente deveria botar a tropa dele para concentrar energia na formulação, debate e implantação da Nova Constituição.

Bolsonaro tem de entender que não adianta enxugar gelo, nem remar contra a maré, pois será afogado pelo Mecanismo. Precisa parar de perder tempo com as polêmicas inúteis acerca da crise pós-coronavírus. O povão que o elegeu é bem pragmático: deseja resultados de melhora na economia, junto com a sempre desejada qualidade no atendimento à saúde (agora colocada á prova de maneira extrema, diante do KungFlu - o letal vírus chinês).

O jogo é cruel: Se a doença matar mais que o normal, e a recessão com desemprego for gigantesca, não adianta chorar, nem reclamar, Bolsonaro será o maior responsabilizado.

Se não quiser terminar como derrotado, Bolsonaro tem de usar toda inteligência para neutralizar e detonar os bandidos e parasitas do Mecanismo. Além disso, não tem outra alternativa senão trabalhar pela Nova Constituição. Até agora, o ex-parlamentar com quase 30 anos de parlamento não tocou no assunto com a necessária intensidade, importância, transparência e sinceridade (o que lhe é característico).

Resumindo: Vamos combater o Coronavírus. Mas também precisamos de uma Nova Carta para substituir a Coronaconstituição de 1988. Até lá, tome quarentena e muita polêmica insana, enquanto o Mecanismo segue em ritmo golpista até Bolsonaro não suportar. Só que, se a economia não melhorar, quem não suportará somos nós, infectados ou não pelo KungFlu, com medo e sem dinheiro para sobreviver, entre mortos e mortos-vivos...

Por fim: A boa Ciência (Social) recomenda uma Nova Constituição para o Brasil ser menos Bruzundanga...  





Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 18 de Abril de 2020.

9 comentários:

Anônimo disse...

Eu sou daqueles que espero o fechamento do STF/STJ, e do Congresso Nacional e que o Brasil seja refundado e consiga com sua riqueza natural e uma constituição de verdade, que não possa ser modificada por uma PEC, ser a potência mundial que todos nós esperamos. Mas o Jair Bolsonaro não está ajudando. Ele e seus filhos mais atrapalham do que ajudam.

Augusto disse...

Será que GEORGE SOROS ligou para o DORIA também???

SOROS promete ajudar Argentina se Fernández prejudicar Bolsonaro e prolongar quarentena, afirma jornalista Segundo do jornalista argentino Nicolás Morás, o magnata GEORGE SOROS teria feito uma ligação telefônica...
https://youtu.be/IRQXwNBmcq8

Anônimo disse...

Eu já cansei de falar que essa Constituição tem dedo desses globalistas. Precisamos de uma nova assembleia constituinte. Mas as marionetes que estão aí que trabalharam arduamente para chegar onde chegou; inclusive colocando uma marionete para destruir a Educação? Podem ter certeza que eles irão continuar lutando para que tudo continue do jeito que está ou melhor, que mude para piorar. Na verdade eles querem enfiar um ditador goela abaixo como China, Coréia do Norte, Venezuela e outras ditaduras. A tendência é piorar. E dá até pavor de imaginar. Com dois poderes contra aquele um que colocamos lá para mudar a situação. Estão inviabilizando o governo de todo jeito. Eles querem nos vencer pelo cansaço.
Essa coisa de diereita e esquerda, partidos políticos, instituiçõs, organizações e o diabo que o parta, tudo isso é mesmo planejado para que a mão oculta ou mão da sombra manipule sempre no sentido favorável à mão da sombra. A mão do diabo. Vade retro, sartana.

Anônimo disse...

Boa tarde.
O CFM redigiu um parecer técnico, no qual relata o uso eficaz da hidroxicloroquina e da fosfato de cloroquina, em testes conduzidos na própria China.
Eis o link para o documento: http://portal.cfm.org.br/images/PDF/covid-19cfm.pdf
Obrigado.
Marcos Braga

Unknown disse...

O povo não deixará eles tomarem conta . Escreva aí. Saiu uma pesquisa data poder e.mostra a aprovação do governo Bolsonaro, entre ótimo, bom e regular atingindo 64%. Hora s de mostrar Sérgio, que apesar dessa campanha massiva contra o presidente ele está firme e forte

Unknown disse...

* quis dizer Jorge serrao

Anônimo disse...

"Se as UTI´s estivessem de fato lotadas, como muitos que sequer saíram de casa nos últimos 60 dias não se cansam de afirmar, a imprensa certamente estaria mostrando, dia e noite, feriado ou não, as imagens dessas UTI´s lotadas. O máximo que a imprensa conseguiu até agora foram fotos de um cemitério cheio de covas vazias... a pedido do governador João Dória".

A frase acima não é minha, li em algum post do Facebook. A frase tem toda a lógica.

Semana passada foi noticiado que alguns "pesquisadores" (rsrsrs...) da Fiocruz, que para quem não conhece, é mais uma pocilga petista das muitas que infestam esse Brasil, acabaram por matarem 11 pessoas em Manaus, devido a um "estudo de uso da cloroquina" em pacientes com Covad-19.

A notícia não saiu em praticamente nenhum lugar, exceto no UOL e G1 com as "devidas edições"(fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2020/04/16/policia-investiga-ameacas-de-morte-contra-pesquisador-do-am-que-estuda-uso-da-cloroquina-em-pacientes-com-covid-19.ghtml).

Tanto no UOL quanto no G1 a notícia é distorcida, óbvio. Mostram os genocidas petistas, disfarçados de "pesquisadores", sendo ameaçados de morte. Chega a ser hilário!

O que tanto UOL quanto G1, "categoricamente" (estrategicamente eu diria) omitiram foi que os animais petistas deram dosagens nada mais nada menos que 10x acima do estipulado pelo fabricante às vítimas.

E para colocar mais lenha na fogueira, a deputada Bia Kicis teria feito uma investigação e descoberto que o médico chefe do "estudo", Marcus Vinícius Guimarães de Lacerda era um ativista político, daqueles que tinha (pois já apagou) vários posts de "Ciro12", "Haddad13", "Lula Livre" e "Bolsonaro Fascista" em seu Facebook. Sim! Marcos Vinícius ERA petista, pois agorá negará até a morte que foi!

Conclusão? Mataram 11 pessoas para tentar desacreditar o remédio e de quebra sabotarem Bolsonaro => (https://gazetabrasil.com.br/brasil/medico-responsavel-por-superdosagem-de-cloroquina-que-matou-pacientes-e-petista/).

Sim amigos, essa é a "essência" da quarentena. Vocês continuarão a ouvir que as UTI´s estão lotadas, continuarão a ver a imprensa histérica mostrar em manchetes garrafais "dois mil mortos pelo Covad-19" até agora, no Brasil e "1 milhão na Itália", continuarão a ouvir sobre o "pico da curva será agora em 2022". Mas JAMAIS saberão de fato até onde é verdade e onde começa a mentira.

Eu ouso dizer que é TUDO mentira, mas deixo vocês entre acreditarem em batedores de panelas de classe média alta ou nas "coincidências" dessa pandemia.

Chauke Stephan Filho disse...

Que admirável o seu talento de articulista, Serrão! Acho incrível que alguém possa escrever tanto todo dia, assim como faz. Suas palavras castigam seus inimigos políticos a cada edição (ou ataque) do Alerta Total, atingindo-os numa como que infinita sucessão de golpes.

Tivesse eu o seu talento, já estaria preso pelo crime de manifestar opinião politicamente incorreta.

Você me faz lembrar um autor que escrevia artigos contra o governo de Brizola no Rio.

O nome dele era Nertan Macedo. Como escrevia, como atacava! Deve ter sido um grande jornalista de aluguel ou crítico apaixonado e ácido.

Se tudo quanto dele eu li, uma frase ficou para sempre na minha memória.

Nertan Macedo disse o seguinte: "O Rio de Janeiro tresanda a budum".

Chauke Stephan Filho disse...

De tudo quanto dele eu li, uma frase ficou para sempre na minha memória.

Nertan Macedo disse o seguinte: "O Rio de Janeiro tresanda a bodum".