segunda-feira, 27 de abril de 2020

“Fazer a coisa certa acima de todos”?



Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net
Siga-nos no Twitter - @alertatotal

Temos de trabalhar muito para superar a crise econômica aprofundada por governadores e prefeitos irresponsáveis que exageraram na dose da paralisação que tinha a desculpa de conter a expansão do coronavírus, diante da previsível falta de leitos no mal gerido sistema público de saúde no Brasil.

Também temos de trabalhar muito – talvez mais ainda – para neutralizar, combater e vencer o Mecanismo do Crime Institucionalizado que controla, domina e infesta os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), na União, estados e municípios, ocultando a oligarquia do atraso que nos desgoverna.

Temos de concentrar atenção a uma pandemia que, mesmo não matando a quantidade catastrófica que fora prevista pela extrema mídia e por supostos especialistas mal-intencionados, causa pavor, prejuízos e incertezas a uma Nação subdesenvolvida – vítima da incompetência, da corrupção e da canalhice.

Por esses motivos bem objetivos, não temos tempo a perder com polêmicas inúteis sobre o Fla-Flu entre admiradores do Presidente Jair Bolsonaro e de Sérgio Moro. É o mesmo que investir tempo precioso para especular sobre o verdadeiro estado de Saúde do ditador norte-Coreano Kim Jong-um. Afinal, “brigar por política no atual cenário é o mesmo que ter uma crise de ciúmes na zona de prostituição”.

No caso Moro, editorial e politicamente, o Alerta Total não posará de isentão (que é a corrupção, a falsidade do Jornalismo). Foi Moro quem jogou seu pretérito heroísmo no lixo da História. O modo como deixou o Ministério da Justiça, em uma declaração unilateral no que seria uma entrevista coletiva, foi digno de uma pessoa de caráter duvidoso.

Moro já está sofrendo, nas redes sociais, uma desconstrução de imagem jamais vista. Corre risco de retroceder de “Herói nacional” a “reles vilão traidor”, em curtíssimo espaço de tempo. Até porque os antigos e recentes inimigos dele serão implacáveis e rápidos. Ministro do Supremo? Presidente da República? As chances se reduzem a pó... Apanhará dos detratores no STF e será espancado, na hora certa, pela vingança petralha.

Moro já sentiu o baque, mas posa de altivo, poderoso... Ontem, no Twitter, digitou: “Tenho visto uma campanha de fake news nas redes sociais e em grupos de whatsapp para me desqualificar. Não me preocupo; já passei por isso durante e depois da Lava Jato. Verdade Acima de Tudo. Fazer a coisa certa acima de todos”. Eis um slogan digno de presidenciável tucano, parodiando o conhecido “Brasil Acima de Tudo; Deus Acima de Todos” – pregado por Bolsonaro.

Exagero ou não, Moro agora se posicionou ao lado dos inimigos do Brasil. Transformou-se em ator, com papel de protagonista, para forçar a derrubada golpista do Presidente Bolsonaro. A postura de Moro afronta o único futuro que não vislumbra um País, novamente e ainda mais, dominado pela estupidez, canalhice e corrupção esquerdista ou sua variação cínico-pragmática, a social democracia tucana.

A narrativa pró-impeachment de Bolsonaro já é uma realidade, no Congresso e no Supremo Tribunal Federal. A tática golpista já foi exposta: a ordem é sangrar os filhos de Bolsonaro (Carlos e Eduardo, acusados de comandar o tal “Gabinete do Ódio” e Flávio será atacado no de sempre: a rachadinha que deveria fechar a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro).

Enquanto isso, nos subterrâneos do Congresso, acelera a PEC para impedir que o vice Antônio Mourão assuma a Presidência, caso Bolsonaro sofra impeachment. O esquema golpista até trabalha com a hipótese de o presidente da Câmara assumir o poder, e, nas novas eleições convocadas, fazer de Moro o candidato a ser escolhido. Logicamente, a petelândia não vai jogar a favor disto, e o “golpe dos cebolinhas” pode morrer no nascedouro...

Em tese, uma PEC para impedir Mourão de assumir é um estupro contra o artigo 79 da Constituição. É cláusula pétrea. A alteração não poderia ser feita. Só que temos um Congresso que opera na exceção, e um STF que faz a interpretação que lhe convém da Constituição.

No momento, a coisa certa a fazer, acima de todos, é impedir o golpe contra Bolsonaro. O Presidente tem de terminar seu mandato no prazo legalmente previsto. Se terá força para reeleição ou não, isso vai depender do sucesso ou fracasso econômico (que é o fato concreto que elege, reelege ou derruba Presidente).

A dialética da crise ficou animada. O site O Antagonista pergunta: “Os militares vão aceitar calados a campanha sórdida dos Bolsonaristas contra Moro? Foi para isso que eles se meteram no governo”. E este pobre Alerta Total também contraindaga: “Os mesmos militares vão aceitar calados a campanha dos golpistas, usando Moro, contra o Bolsonaro - que os generais ajudaram a eleger, dividindo o governo e o poder?”

O Alerta Total insiste: Golpe, Não! Legalidade Acima de Tudo! Vamos para a Depuração Democrática...

Bolsonaro só precisa ajudar, governando, gerenciando, liderando e parando de fazer auto-oposição...

Felizmente, estamos evoluindo... Discutimos sobre um Presidente que é obrigado a trocar ministros, e não sobre um Presidente que foi conivente com “roubo” de dinheiro público...

Parábola útil para o momento presente: “O fato de você não gostar do piloto não te dá o direito de torcer para o avião cair. Lembre-se que você também está a bordo”...

E tem mais: A guerra é uma empreitada apaixonada de poder, estratégia e vontade...

Releia o artigo de domingo: Brasil tem de sofrer Depuração Democrática


Lula fez e ninguém reclamou?


Lula podia fazer qualquer coisa, e a mídia não criticava...

Sem alternativa

Texto criativo, com pura realidade, sobre o cenário a favor do absurdo, ilegal e ilegítimo impedimento de Bolsonaro, “assinado” por E.S.H. no whatsapp:

Se eu fosse o Bolsonaro eu apareceria amanhã com um Rolex foda comprado com um dos cartões corporativos, demitiria todos os ministros e colocaria todos por indicação política, liberaria os presos, aumentaria todas as taxas de juros, lotearia as estatais e distribuiria o dinheiro do roubo num novo mensalão, Acabaria com todos os acordos com os EUA e voltaria a injetar dinheiro em ditaduras estrangeiras, voltaria a dar milhões para as ONGs, estatizaria todas as empresas privatizadas nas últimas décadas, daria alvará para o MST voltar a invadir terras alheias, colocaria 2% do PIB para lei Rouanet, voltaria o sigilo para operações bancárias de crédito, voltaria a ter 29 ministério dando um a cada partido, voltaria e aumentava a taxa sindical, tiraria os critérios de ficha limpa para cargos comissionados, revogaria o pacote anti-crime, revogaria a reforma da previdência, revogaria a lei de combate a fraudes previdenciarias, voltaria imposto total para o cancer e HIV, devolveria todas as drogas apreendidas nesse tempo para o PCC e o CV, voltaria todos os processos que foram digitalizados para papel e presencial, voltaria os 21 mil cargos e funções remuneradas por indicação no governo, tiraria a internet gratuita para os 3 milhões de estudantes, tiraria o Brasil do acordo de livre comércio entre o Mercosul e União Europeia,voltaria a irrigar a mídia com dinheiro , entre mil outras medidas!!!E foda-se esse povo ingrato e ignorante! A final a mídia iria noticiar “finalmente Bolsonaro começou a dar certo”





Colabore com o Alerta Total

Jorge Fernando B Serrão

Itaú - Ag 9155 cta 10694 2

Banco do Brasil - Ag 0722-6 cta 209.042-2

Caixa (poupança) - 2995 013 00008261-7

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas.

©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 27 de Abril de 2020.

13 comentários:

Unknown disse...

Com tudo se ajustando a favor da corupção o blog ainda defende Bolsonaro?
Primeiro o acordo entre Bolsonaro com Tofoli no auge da crise Queiroz em que o petista Augusto Aras foi indicado por Tofoli a PRG. Aras travou a lava jato e Tofoli blindou Flavio. Agora o acordo de Bolsonaro com o centrão, ressuscitando Roberto Jefereson e cia com a entrega de cargos as velhas raposas. Tudo como antes, PT se acalmou com o fundo partidario, até os mandantes da Globo se alcamaram com o acordo com o centrão. Moro jamais será apoio pela Globo por ser contra a corupção. E ainda será metralhado pelos Bolsominions e os PTminions. Que fim do unico que teve coragem de combater a corupção. Como diz o Nando Moura em seu canal no youtube: A saida para o Brasil é o aeroporto.

Unknown disse...

Com tudo se ajustando a favor da corupção e o blog ainda defende Bolsonaro?
Primeiro o acordo entre Bolsonaro com Tofoli no auge da crise Queiroz em que o petista Augusto Aras foi indicado por Tofoli a PRG. Aras travou a lava jato e Tofoli blindou Flavio. Agora o acordo de Bolsonaro com o centrão, ressuscitando Roberto Jefereson e cia com a entrega de cargos as velhas raposas. Tudo como antes, PT se acalmou com o fundo partidario, até os mandantes da Globo se alcamaram com o acordo com o centrão. Moro jamais será apoio pela Globo por ser contra a corupção. E ainda será metralhado pelos Bolsominions e os PTminions. Que fim do unico que teve coragem de combater a corupção. Como diz o Nando Moura em seu canal no youtube: A saida para o Brasil é o aeroporto.

Anônimo disse...

🇧🇷 Sérgio Moro nunca será abandonado, ainda há milhões de brasileiros que pensam e questionam. 🇧🇷 De qualquer forma o povo já perdeu para os criminosos do centrão. 🇧🇷 Se Hugo bolsonaro chaves fica, será tutelado pelo centrão, se cair o próximo presidente terá que lotear o país aos bandidos para governar. 🇧🇷 É assim o Brasil segue sua sina com presidentes medíocres e corruptos. 🇧🇷 Porque não fazer uma dinastia bolsonaro aos moldes da korea do norte?

Anônimo disse...

Perfeita análise e considerações. Parabéns Serrão.

E para os que acreditam que 57 milhões de votos foram um acaso e que o povo é estúpido e não reconhece o que acontece, lembremos justamente da "surpresa" que a eleição de 2018 causou nessa mesma turba.

O Brasil não vai voltar atrás, apesar do Mecanismo tentar se impor há 15 meses e aumentando o cacife para tal.
Apostas na mesa.

Anônimo disse...

🇧🇷 Vc é uma pessoa sensata, mais como vc e eu há milhões de brasileiros que ainda pensam com independência e questionam. 🇧🇷 Moro tem milhões que o admiram e apoiam. 🇧🇷 Bolsonaro é apenas uma fraude. Bolsonaro como militar foi medíocre saiu como simples tenente expulso por insubordinação como parlamentar foi inútil tendo como único feito empregar mais de 100 parentes.

Anônimo disse...

Quanto ao slogan: "Verdade Acima de Tudo. Fazer a coisa certa acima de todos” "digno de presidenciável tucano sim, mas porque enganam, não que eles gostam da verdade e nem porque eles fazem a coisa certa. São tão ou mais mentirosos e corruptos quanto o PT.
Esse negócio do ex Ministro vazar conversas é muito anti ético. Será que foi ele quem vazou aquelas conversas do Lula com a dona Marisa e outros familiares? Pelo jeito.

PSDB não.

Estamos juntos Presidente Bolsonaro.

Nacionalista disse...

Moro herói? Bolsonaro fraude? Sugiro aos dois idiotas que "simularam" divergências que tragam o Lula de volta, ele está mais apropriado para vocês dois, seus babacas!!

Anônimo disse...

O 'Loumarinho' agora se tornou um 'desconhecido', um 'Unknown' para inglês ver? Rsrsrs... E pelo visto abandonou a ladainha 'cristã' que sempre foi sua marca registrada... tsc, tsc, tsc... Como todo bom petista, Loumarinho não tem problemas com 'máscaras', ainda mais agora, com a tal 'gripe' lá fora.

Mas deixando de lado 'petistas cristãos' (huahuahuahuahua!), voltemos ao foco.

Estamos há mais de quarenta dias em um confinamento sugerido pela OMS, adotado por trocentos países, imposto por governantes e totalmente ignorado - com toneladas de razão - por quem não tem feijão, arroz e leite integral na despensa.

Na verdade, o bloco dos sem carboidrato - e sem mistura - cresce a cada dia que passa: para cada madamezinha que manda os outros ficar em casa, há dezenove novíssimos desempregados deixando de pagar aluguel, conta de luz e prestação do sofá.

Sábado à noite, enquanto dirigia, reparei numa pizzaria aberta. Olhando de fora, contei um total de zero mesas ocupadas. Ninguém, exatamente ninguém. Sinceramente, não consegui deixar de pensar na situação do dono do negócio, certamente desesperado por honrar suas obrigações e manter todos os funcionários. Lógico que não conseguirá, engrossando as estatísticas de empresários falidos e trabalhadores sem carteira assinada.

'Ah, mas o vírus mata.' - diz a vaquinha do presépio midiático, totalmente apavorada com a situação e completamente enojada pela minha audácia de contestar a religião do quarentenismo.

Sim, eu sei que mata.

Só não sei se é mais letal do que a crise que está na esquina.

Não sei, mesmo.

Óbvio que as santidades do '#fiqueemcasa' tem algo em comum entre si: o santo salário totalmente garantido no fim de mês, assim como o risco ZERO de demissão. Sim, todos os sacerdotes do '#nãoéumagripezinha' são funcionários públicos! Quase todos eleitores de um certo partido (que se sub-divide em vários outros partidos). Colaboram como idiotas úteis para a implantação do caos, do comunismo e compactuam com os abusos totalitários dos governadores achando que estão sendo protegidos por essas leis absurdas. Não se permitem questionar o óbvio, enquanto os pobres se amontoam nas calçadas para receberem 600 reais.

Repito:

Só não sei se é mais letal do que a crise que está na esquina.

Não sei, mesmo.

P.S.: Publiquei esse texto no FoiceBook e o primeiro comentário veio justamente da patrulha da quarentena:

"Bem feito pro dono dessa pizzaria e qualquer outro empresário opressor. Babaca, fascista, homofóbico, racista!"

Entrei no perfil da criatura, uma moça de linda aparência. Lá estava a prova cabal: funcionária da prefeitura de um município do Rio de Janeiro, ostentando em uma de suas dezenas de fotos, uma onde aparecia com o slogan de Ciro12 (Ciro Gomes).

"Se socialistas entendessem de economia, não seriam socialistas!".

Anônimo disse...

Hoje não passei do início da sua coluna, o que é uma pena, pois gosto delas. Mas ao ler o que você escreveu, por atos irresponsáveis de governadores e prefeitos (parei aqui)..., achei que na quarentena o seu final de semana foi muito etílico (kkkk). Serrão São Paulo é o estado que mais teve casos confirmados (e mortes) do convid-19. O mundo sabe, que os números são falsos, pois os testes são poucos e os números reais são muitos mais altos. O sistema hospitalar do meu estado não tinha condições de aguentar este tranco. Foi preciso a fazer rapidamente hospitais de campanha, que apesar do isolamento social, já estão ficando lotados. Li hoje que em alguns hospitais particulares a ocupação já atinge 90%. Você consegue imaginar que sem estes gestos irresponsáveis do Doria e do Covas, quantos paulistas/paulistanos estariam morrendo em suas casas sem qualquer assistência médica? Agora eles vão relaxar o isolamento social e todo mundo ver o que vai acontecer, principalmente pela entrada do inverno.

aparecido disse...

Moro é o tipico sujeito que estava num cargo acima de sua capacidade...igual a Dilma na presidencia.. vai cair sempre...jamais devia ir além de suas sandálias...e devia ter ficado na sua corte de Curitiba mandando corruptos à cadeia o que fazia muito bem apesar de seu viés ecológico de proteger tucanos...Com sua voz fanhosa faria uma tropa de soldados cair na risada.. nem voz nem tom de voz de lider ele tem...como quer ser presidente ?? é uma piada...ele que vá procurar um lugar onde cabe suas sandalias ..
A PF nunca foi comandada por alguém tão incompetente...e despreparado....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk O fato dele ter sido um juiz rigoroso não o capacita para outras coisas...como disse o pintor ateniense.. O sapateiro que não vá além de suas sandálias...

Anônimo disse...

Para impichar qualquer presidente precisa ter o povo na rua pedindo o impeahcment e, provavelmente, ao contrário, terá povo para apoiar o Bolsonaro, pedindo a cabeça de ministros do STF, do Maia e Alcolumbre!
O Bolsonaro é uma pessoa simples, não é escritor, cientista, intelectual, artista de cinema, jogador de seleção, etc. Erra como todo ser humano mas é infinitamente melhor que essa bandidagem, incluindo a Globo, que está tentando tirar ele do poder. Por isso o apoio popular vai continuar mesmo pululando pesquisas forçadas para tentar baixar sua popularidade.

Anônimo disse...

Gado.
Uma pena, seguia vocês há anos, adeus.
Idólatras, isso sim.
Devem ter adorado também o Caçador de Marajás e o Pai dos Pobres.
Afinal, são heróis contra o sistema.
Amigos de bandidos, dos piores, milicianos.
É impossível discutir com petis ... ops ... bolsonaristas.
Adeus

Anônimo disse...

Perfeito Serrão! 👏👏👏👏 Ótima análise.
É pelas ações que se conhece as pessoas. Moro se mostrou traidor e desleal pra dizer o mínimo. Péssimas credenciais pra quem quer se aventurar no mundo político. Já morreu na praia...