quinta-feira, 2 de abril de 2020

Quarentena da Antena



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

“Quem semeia ventos colhe tempestades”.

É uma pena ver que no vaso trincado morre uma verbena.

Ver jornalistas mentindo dá pena.

Com soluções, quase ninguém acena.

Sinto informar aos amáveis leitores que estamos em guerra; de quinta geração.

O inimigo aparente é o Partido Comunista Chinês. O verdadeiro está em Londres.

Os implantadores da Nova Ordem Mundial, pela primeira vez na História estão assustados. Temem a derrota para defensores de Fé, da Pátria e da Família.

A aliança entre os Estados Unidos da América e o Brasil tornou-se o “obstáculo” às ambições dos que se acham os “donos do mundo”.

No Brasil temos um exército de ovelhas comandado por um leão.

Derrotaremos o bando de leões sob as ordens de ovelhas.

O que os idiotas e incultos ignoram é que o ser humano ataca por medo ou por ódio.

No momento, nos brasileiros, estamos com ambos os sentimentos exacerbados.

Basta um patriota mostrar a força de sua espada e o ratos debandarão .

Viva o Brasil!. Viva o Presidente Bolsonaro.

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Anônimo disse...

A intervenção militar já ocorreu.

http://www.defesanet.com.br/ncd/noticia/36301/Exclusivo---Gen-Braga-Neto-Assume-o-Estado-Maior-do-Planalto/

Resta saber se será temporária ou...

Anônimo disse...

VIVA !

Anônimo disse...

Perfeitamente, Carlos Mauricio! Ovelha só reage em último caso, para não morrer, é isso que está ocorrendo ou prestes a ocorrer! Então, correrão rios de merda, pois é ovelha para dedel, vai morrer atropelado até Bonner e sua coleguinha, aqueles lobinhos véios maus da Globo e apoiadores de corruptos, quando a ovelharada (e veiarada junto) estourarem! Para os gordos corruptos Nhonho e Batore a receita é fazê-los correr em um descampado e largar atrás deles uns quatro ou cinco carneiros velhos malignos atrás, daqueles que não cansam de acertar o mesmo alvo várias vezes, no caso naquelas padarias estofadas da dupla de salafrários, algo muito estimulante para as "marradas" incontáveis dos carneiros!