segunda-feira, 20 de julho de 2020

TRÉGUA



Artigo no Alerta Total – www.alertatotal.net
Por Carlos Maurício Mantiqueira

Enquanto desgovernadores e imperfeitos corruptos lavam a égua, nós merecemos uma breve trégua.

Assim como a água de todo rio, por fim no mar deságua, veremos que no Brasil, qualquer projeto autoritário naufraga.

Urubúsico ou midiático, não vinga nem pra quem toma muita pinga.

Nós já ouvimos falar do canto do cisne. Agora escutemos o canto dos urubus.

Os penados (e penosas) se emulam para conquistar o galardão de Ferrabrás ! Aviso aos amáveis leitores de que não se trata de nova empresa estatal. Ufa !

Inspirados pelo tango “Garufa” fazem os abutres uma dança macabra.

Nem sua magia do “Abracadabra pelo de cabra” surte mais efeito.

Quero ver se têm coragem de cassar (ou mesmo caçar) o Mito legitimamente eleito.

No passado Adhemar chamou urna marajoara de penico de índio.

Nossas urnas eletrônicas seriam penicos de políticos corruptos que buscam resultados esdrúxulos não conquistáveis nos votos no papel ?

A última “novidade” dos alquimistas eleitorais é dizer que a biometria não será utilizada por causa da pandemia.

Mas apertar o botão de votação é mais seguro então ?

Covidão seletivo ou de fraude aperitivo ?

Carlos Maurício Mantiqueira é um livre pensador.

3 comentários:

Anônimo disse...



Bom dia, sr Carlos Maurício, bom dia, Serrão, bom dia, leitores, Jesus esteja com vocês.

Exaustos de dizer que não queremos nenhuma marionete governando nosso país, estamos dando uma trégua. Eles tem que entender que elegemos o Presidente Bolsonaro porque não queremos nenhuma marionete nos tratando como gado dentro do nosso país; que eles nos respeitem.









Anônimo disse...

" Garufa " pucha que sos divertido.

Saludos Mantiqueira

Anônimo disse...

O aparelho da biometria pode ser prejudicado pelo álcool 70%. Já as teclas da urna podem ser higienizadas.