segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Esquerda em simbiose com o Crime


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

Crime Organizado é a associação delitiva entre políticos, empreendedores e servidores públicos para aparelhar a máquina estatal e “roubar” recursos da sociedade. O fenômeno precisa ser mais correta e intensamente estudado por aqueles que lutam para melhorar o Brasil. Até porque Crime e Ideologização caminham juntos.

É difícil entender o que se passa pela cabeça dos políticos brasileiros. Aproveitam-se da Pandemia do COVID-19, tentam politizar questões científicas e de saúde. Ajudaram a produzir insegurança e medo na população, aplicando receitas de Engenharia de Controle Social. Só que o grande crime da politicagem é ainda mais grave.

 

O componente político brasileiro tem uma característica medíocre. As siglas partidárias não significam nada. Talvez nunca significaram. Mas o fato assustador é como a esfera política forma uma associação delituosa com a bandidagem. No Brasil, o crime organizado é a estrutura central de ligação mais poderosa entre grupos políticos que fingem serem distintos e diferentes.

A única diferença está na forma como os grupos políticos interagem e se beneficiam do crime organizado. Mais descaradamente que uma direita ainda incipiente e envergonhada a esquerda brasileira tem utilidade para o crime organizado, na medida em que busca incansavelmente transformar desde crimes banais a crimes de corrupção em fatos políticos e sociais.

Como explicar tais comportamentos. Bom, talvez a ciência e os estudos sobre viciados comportamentos possam nos ajudar. Como explicar ou como entender a forma como os movimentos de esquerda no Brasil atuam de forma tão emotiva, complacente e até mesmo conivente com organizações criminosas, atuantes na política ou praticantes do mais puro banditismo?

A militância se confunde com a “meliância”. A esquerda brasileira atua com plena convicção na politização de atos criminosos, buscando fornecer a estes atos fora da lei uma roupagem fantasiosa de bandeira política ou social. Bandeiras de luta ideológica fazem apologia ao crime, ou se aproveitam de crimes para construir narrativas ideológicas.

Para essa mesma esquerda brasileira, um crime horrível como o praticado por seguranças do supermercado Carrefour em Porto Alegre se transforma em uma oportunidade de inventar a tese que a direita está transformando o Brasil em um país no qual o racismo é estrutural ou está sendo institucionalizado. Ainda bem que as imagens de câmeras de segurança comprovaram que João antes agrediu um segurança que, erradamente, respondeu com excesso de violência ainda maior.

Essa mesma esquerda que inventa narrativas se cala covarde e convenientemente quando uma criança negra é assassinada no RJ por traficantes negros, na famigerada guerra entre gangues das “comunidades”. Essa mesma esquerda tenta caracterizar como “conflitos sociais” as barbáries diárias praticadas pelas diversas facções criminosas do tráfico no Brasil. Essa mesma esquerda, na época de eleições, se aproveita de parcerias com os comerciantes de drogas para fazer politicagem nas zonas de pobreza.

A sociedade brasileira precisa ter a coragem de reconhecer que ocorreu, nas três últimas décadas, uma relação de simbiose entre os movimentos políticos de esquerda no Brasil e o crime organizado. Segundo definições genéricas, podemos definir a simbiose como uma associação a longo prazo entre dois organismos de espécies diferentes. A relação pode ser benéfica para ambos os indivíduos envolvidos ou não.

A esquerda brasileira é complacente, leniente e fraterna com o crime organizado. Inclusive com os grandes grupos criminosos que atuam no narcotráfico e na dominação exercida nas áreas carentes pelos traficantes ou por seus falsos opositores, os milicianos (policiais e ex-policiais que exploram negócios a partir do seu “poder de segurança”.

Conforme já documentado em escutas telefônicas de inquéritos judiciais, o crime organizado também defende estrategicamente a necessidade de ajudar a esquerda brasileira a chegar ao poder. Áudios de diversos líderes do PCC já comprovaram como são estreitas as parcerias com os políticos. Assim, a esquerda brasileira e o crime organizado, em sua simbiose, se ajudam e se beneficiam mutuamente. Já devemos considerar como uma relação de quase dependência entre invasor e hospedeiro.

Ora a esquerda se transforma em um hospedeiro para o crime organizado, ora o crime organizado é o hospedeiro que alimenta, organiza, financia e ajuda a esquerda brasileira. Dessa união duradoura e de efetivo benefício mutuo, surge praticamente uma nova identidade, um novo ser, um SIMBIONTE.

Os SIMBIONTES formam um vínculo simbiótico com seus hospedeiros, por meio do qual uma única entidade é criada. Eles também são capazes de alterar ligeiramente a personalidade de seus hospedeiros e / ou memórias influenciando seus desejos e vontades mais sombrios. Definição corrente na web. A Ciência Política deveria estudar o fenômeno.

Precisamos urgentemente debater, entender e analisar esta SIMBIOSE. Ou, a todo momento, seremos vítimas de narrativas perversas, promovidas por falsos idealistas, com hipócritas bandeiras humanitárias que distorcem fatos, promovem badernas e levam o embate político para o formato “nós contra eles” (ou eles, os fascistas, contra nós, a esquerda boazinha que é parceira da bandidagem).

Combater o crime organizado no Brasil, acabar com a corrupção passa obrigatoriamente por despolitizar atos criminosos, de todas as espécies. Um crime é simplesmente um crime. Assim deve funcionar o Império da Lei, que é a base da Democracia – a Segurança do Direito Natural.

A esquerda corrompe e usa uma suposta narrativa democrática para chegar ao poder e, quando lá se instala, só respeita as leis quando e se lhe convém. Aparelha a máquina pública e a coloca a serviço dos grupos criminosos que a financia para chegar ao poder. Eis o círculo vicioso do Crime.

Resumindo: A esquerda brasileira se transformou em um movimento político SIMBIONTE, no qual atua em completa sintonia e harmonia com o crime organizado. Só resta saber quem leva mais vantagem na parada: a politicagem ou a bandidagem majoritariamente impune e cada vez mais ousada na delinquência?

Releia: O Racismo da Esquerda Doida

Reveja, também: Bolsonaro permanece fenômeno





Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Editor-chefe do Alerta Total. Especialista em Política, Economia, Administração Pública e Assuntos Estratégicos.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 


©
Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 23 de Novembro de 2020.

6 comentários:

Loumari disse...

A vossa excelentíssima direita só governa vendendo a esquerda. Ganham o pão vendendo a esquerda, vendendo lula. Nunca se lê nas vossas publicações sobre projectos, realizações, abertura de novas empresas, invenções tecnológicas, avanços sociais... NADA. Só enchem páginas a vender o que já nem existe. Nem vocês nem quem outro tem visão futurista para o Brasil. Contrário da esquerda, ela pelo menos vai se vangloriar que foram os melhores governos que o Brasil teve, porque vocês, simplesmente terão afundado o país na pior crise económica e sanitária jamais visto desde que o Brasil foi criado.
Assim que, sereis julgado pela história.
Tudo o que vocês escrevem é só para criar diversão e entreter os tolos que se alimentam da maldade, do ódio, da violência como é típico deste povo.
Até a vossa própria bíblia vos trai. Vocês não o único povo no mundo com um pai de nome o tal Jacó. É como que Lúcifer se risse de vocês, de ver como vocês podem ser tão ignorantes, e adoram o Jacó, que não é nada mais que a revelação sobre a origem obscura e funesto deste povo e vos diz na cara: vocês sabem o que é Jacó? Jacó é simplesmente o patrónimo do: "Já cocó"
O que foi criado a partir de esterco.


Por Jorge Serrão

- https://www.alertatotal.net/2020/11/sem-carater-vao-lutar-pela-honestidade.html

“O governo, no final das contas, costuma não ser melhor que o povo que ele governa. Quando a massa tem consciência, moral e bons costumes, a nação é dirigida honrada e nobremente; mas se, pelo contrário, está corrompida, se tem o coração egoísta e desonesto, se não conhece nem fé, nem lei, o domínio dos velhacos e impostores é inevitável”.

Parece que foi escrito para descrever a maioria do povo brasileiro esse pequeno texto extraído do livro *O Caráter*, escrito pelo escocês Samuel Smiles, em 1871. Embora se vanglorie de ser astuto, esperto, malandro e dono de imensa inteligência emocional que o dispensa até de abrir mão da Educação de qualidade, na verdade e na essência, o brasileiro é um merda – seja em estado sólido, líquido ou gasoso, dependendo a situação e da oportunidade. O cinismo pragmático é nossa marca sem patente.

Anônimo disse...

ENTENDEU??? QUANDO UM POLITICO SENDO ELE VEREADOR,PREFEITO,DEP.ESTADULAL OU FEDERAL,GOVERNADOR E ATÉ O CHUMBINHO E PÓRVA SECA ENTRAM EM SEUS GABINETES TUDO SE ACABA,NEM DIREITA NEM ESQUERDA NEM CERTO NEM ERRADO E ISTO OCORRE TAMBÉM NO FUNCIONALISMO... QUEM DÁ AS CARTAS É A ???? ADVINHE... BODE PRETO,O RESPONSAVEL POR TODAS AS DESGRAÇAS DO MUNDO... DUVIVA??? ENTÃO TENTE UMA DENUNCIA CONTRA UM DELES,PODE SER ELE UM TRAFICANTE,CONTRABANDISTA,BICHEIROS E OUTROS... PERCEBA QUE SEMPRE EXISTIRAM MAS TODOS FINGEM QUE NÃO SABEM E NEM OS VÊEM...

Loumari disse...

A vossa excelentíssima direita só governa vendendo a esquerda. Ganham o pão vendendo a esquerda, vendendo lula. Nunca se lê nas vossas publicações sobre projectos, realizações, abertura de novas empresas, invenções tecnológicas, avanços sociais... NADA. Só enchem páginas a vender o que já nem existe. Nem vocês nem quem outro tem visão futurista para o Brasil. Contrário da esquerda, ela pelo menos vai se vangloriar que foram os melhores governos que o Brasil teve, porque vocês, simplesmente terão afundado o país na pior crise económica e sanitária jamais visto desde que o Brasil foi criado.
Assim que, sereis julgado pela história.
Tudo o que vocês escrevem é só para criar diversão e entreter os tolos que se alimentam da maldade, do ódio, da violência como é típico deste povo.
Até a vossa própria bíblia vos trai. Vocês não o único povo no mundo com um pai de nome o tal Jacó. É como que Lúcifer se risse de vocês, de ver como vocês podem ser tão ignorantes, e adoram o Jacó, que não é nada mais que a revelação sobre a origem obscura e funesto deste povo e vos diz na cara: vocês sabem o que é Jacó? Jacó é simplesmente o patrónimo do: "Já cocó"
O que foi criado a partir de esterco.


Por Jorge Serrão

- https://www.alertatotal.net/2020/11/sem-carater-vao-lutar-pela-honestidade.html

“O governo, no final das contas, costuma não ser melhor que o povo que ele governa. Quando a massa tem consciência, moral e bons costumes, a nação é dirigida honrada e nobremente; mas se, pelo contrário, está corrompida, se tem o coração egoísta e desonesto, se não conhece nem fé, nem lei, o domínio dos velhacos e impostores é inevitável”.

Parece que foi escrito para descrever a maioria do povo brasileiro esse pequeno texto extraído do livro *O Caráter*, escrito pelo escocês Samuel Smiles, em 1871. Embora se vanglorie de ser astuto, esperto, malandro e dono de imensa inteligência emocional que o dispensa até de abrir mão da Educação de qualidade, na verdade e na essência, o brasileiro é um merda – seja em estado sólido, líquido ou gasoso, dependendo a situação e da oportunidade. O cinismo pragmático é nossa marca sem patente.

Rodrigo Almeida disse...

Há um livro que conta a trajetória do comando vermelho que mostra bem essa simbiose. Esse livro foi proibido depois, mas ainda existem exemplares dele por aí.

Unknown disse...

CV PCC União criminosa do jornalista Carlos Amorim ?

Anônimo disse...

Coitadinho do sujeito morto no supermercado ! Era uma vítima...27 ocorrências policias esta vítima tinha...Até rapto !!!