sexta-feira, 9 de abril de 2021

Supremo reafirma que está “Acima de Todos”


Edição do Alerta Total – www.alertatotal.net

Por Jorge Serrão - serrao@alertatotal.net

Siga-nos no Twitter e Parler - @alertatotal

Negada, no discurso oficial, pelos “poderosos” da Praça dos Três Poderes e pelos servidores do “Forte Apache”, a crise institucional brasileira tende a se agravar. A responsabilidade, mais uma vez, é dos que se acham “deuses” do Olimpo do Judiciário. Em mais uma reafirmação de que se encontra “acima de todos” no Brasil - acima de Executivo, do Legislativo, dos Militares e, principalmente, do Povo -, o Supremo Tribunal Federal interfere no funcionamento normal das instituições religiosas e, também, dá ordens diretas ao Senado - em tese, o único órgão, além do próprio STF, que tem capacidade de intervenção no Supremo (divino no nome e na pretensão de poder de seus 11 integrantes).

O supremo magistrado Luís Roberto Barroso - atendendo a um pedido de 31 senadores - ordenou que a Mesa Diretora do Senado instaure a Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia (que, na verdade, é um Pandemônio). A ordem suprema ocorreu pouco depois de o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmar que discordava da criação da CPI que investigaria “eventuais omissões do Governo Federal no enfrentamento do vírus que veio da China, também conhecido como Covid-19. Ainda não se sabe qual será a reação concreta do presidente do Congresso Nacional à intervenção direta do STF em uma prerrogativa dos 81 senadores.

Rodrigo Pacheco, personagem que busca reafirmar seu protagonismo e poder de influência em meio à guerra de todos contra todos os poderes, pode até fazer tramitar o pedido de impeachment do supremo magistrado Alexandre de Morais - a pedido do Senador Jorge Kajuru, com apoio de mais de 3 milhões de assinaturas de eleitores. Ou, então, Pacheco pode se limitar a abaixar o rabinho (ops, a cabeça) e aceitar a intervenção indireta do STF no Senado, a pedido de 31 dos 81 parlamentares da Casa. Rodrigo Pacheco já avisou que respeitaria a decisão judicial, porém ponderou que “a Comissão não contribuiu para o enfrentamento da pandemia e não há compatibilidade técnica para o funcionamento de uma CPI de forma remota”.

Barroso tomou a decisão monocrática, mas mandou o caso para apreciação do plenário do STF - que tende a acompanhar a decisão. O STF já tinha autorizado a abertura de um inquérito para apurar a suposta omissão do então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, no agravamento da pandemia no Amazonas. Como Pazuello foi exonerado do cargo, porém continua servidor público como General de Divisão na ativa (três estrelas), o caso foi remetido para avaliação em primeira instância do Judiciário. Pazuello está na “geladeira” da burocracia do EB. O Presidente Jair Bolsonaro, Comandante em Chefe das Forças Armadas, gostaria que ele fosse designado para comandar a 12a Região Militar, em Manaus. Acontece que o Alto Comando não acatou a “sugestão”. Nos bastidores das Legiões, comenta-se que este teria sido o motivo para Bolsonaro tirar o General Edson Leal Pujol do Comando do Exército.

Sobre a recente “intervenção” (direta ou indireta) do STF no Senado, vale recordar um comentário de Rodrigo Pacheco, ainda na campanha interna para presidir o Congresso Nacional. Pacheco advertiu que a criação de uma CPI, durante a fase crítica da pandemia, poderia “agravar a instabilidade institucional”, em vez de, efetivamente, ajudar no combate ao vírus chinês que ativa várias doenças, apavora, causa sequelas físicas e psicológicas e mata (já tirou mais de 300 mil vidas no Brasi).

Na própria ordem que mandou instaurar a CPi da Pandemia, o ministro Barroso recordou que as CPIs devem ser criadas a partir de três requisitos: 1) contar com assinaturas de um terço dos integrantes do Senado; 2) Ter a indicação de um fato determinado a ser apurado; 3) Ter a definição de prazo certo para duração. Barroso advertiu que não cabe omissão ou análise da conveniência política por parte da Presidência da Casa Legislativa sobre quando a comissão deve ser criada.

A perguntinha que fica no ar é: Será que Barroso e demais integrantes do STF vão raciocinar do mesmo jeito, se Rodrigo Pacheco mandar tramitar o pedido de impeachment de Alexandre de Moraes ou de Gilmar Mendes? Será que os supremos magistrados vão ter a mesma opinião se o Senado instaurar a polêmica CPI da Lava Toga?

Ontem, o senador Eduardo Girão perguntou: Até quando os deuses do Supremo vão continuar se achando acima das instituições? Girão classificou a determinação de Barroso como “interferência, desrespeito e ativismo judicial”.

Bolsonaro usa, toda hora, o slogan “Brasil Acima de Tudo! Deus Acima de Todos”. Os deuses do Supremo têm certeza de que estão “acima de todos”.

O Covidão segue em frente… A Crise Institucional, também… Detalhe importante: Só quem pode “acionar o VAR” é o próprio Supremo ou o Senado - quem sabe se provocado pelo Povo - este sim o legítimo Guardião da Nação e da Constituição.

Falando sério... Só há uma coisa pior que a Hipertrofia do STF em relação ao Executivo, ao Judiciário e aos Militares. A hipertrofia do Ministério da Economia no governo jair Bolsonaro. Mais grave que tudo isso é a hegemonia do desgoverno do Crime Institucionalizado no Brasil...


 
3 em 1

Meus 12 leitores e meio agora também podem me acompanhar, de segunda a sexta, na Rede Joven Pan / Panflix.

Fazemos parte do time de comentaristas do programa Três em Um, junto com Rodrigo Constantino e Amanda Klein.

O programa é apresentado por Paulo Mathias.

Em fim…

Imortais também morrem. Foi-se o Príncipe Philip, aos 99 anos, marido da Rainha Elisabeth II. A monarca segue firme, mais viva que nunca!








Adquira, também, o livro A ÚLTIMA MARCHA DA MAÇONARIA.

Para maiores informações clique aqui:

https://loja.umlivro.com.br/a-ultima-marcha-da-maconaria/p

Ave atque Vale! Fiquem com Deus. Nekan Adonai!

Jorge Serrão é Flamenguista. Editor-chefe do Alerta Total. Comentarista Político da Rede Jovem Pan.  A transcrição ou copia dos textos publicados neste blog é livre. Apenas solicitamos que a origem e a data original da publicação sejam identificadas. 

© Jorge Serrão. Edição do Blog Alerta Total de 9 de Abril de 2021.

11 comentários:

CARLOS BONASSER disse...

OLÁ SERÃO, BOM DIA ...SEMPRE ESCUTO O 3 EM 1 E HOJE, DEPOIS QUE VOCÊ VEIO SOMAR VOZES SENSATAS EM CONTRAPONTO À BOBALHONA AMANDA...SEUS COMETÁRIOS, OS SEUS, SÃO PRIMOROSOS...PARABÉNS E FOI UM GRANDE FEITO PARA A EMISSORA...MAIS UMA VEZ PARABÉNS E MUITO SUCESSO...JÁ O ACOMPANHO POR AQUI NO BLOG.

CARLOS BONASSSER

Rodrigo Almeida disse...

Não vejo coragem em Pacheco e vejo o Presidente isolado com a cama armada.

Anônimo disse...

A suprema baiúca vagabunda e seus marginais togados deveriam ser cercados pela população e esta arrancá-los de lá para linchanento em praça pública e os dejetos mortais serem incendiados e as cinzas descartadas em aterro sanitário !

ARS disse...

Tem um jeito de acabar com a arrogância destes supremos usurpadores oligarcas: Diretas já, para o judiciário!

Mariana Fernandes disse...

Serrão, parabéns pela matéria e pela iniciativa de colocar a disposição um jornal eletrônico de excelente qualidade!

Anônimo disse...

VEJA.com
Bolsonaro: Barroso não tem coragem moral e faz politicalha com a esquerda
Da Redação 1 hora atrás
“Vacinas não têm poder de controlar a epidemia isoladamente”

O presidente Jair Bolsonaro, em conversa com apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada, na manhã desta sexta-feira, 9, atacou duramente o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, que determinou um dia antes que o Senado instalasse a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19, para investigar ações do governo no combate à pandemia.

Bolsonaro Barroso 3© ./Reprodução Bolsonaro Barroso 3
Bolsonaro disse que a comissão é claramente contra a sua gestão, chamou a atitude de "politicalha" e afirmou que o magistrado faz "ativismo judicial". Ele também questionou se o ministro teria "um pingo de moral" para mandar o Congresso instalar processos de impeachment contra os seus colegas do STF, já que há representações com esse teor tramitando no Legislativo.

"A CPI não é para apurar desvio de recursos de governadores, é para apurar, segundo está na ementa do pedido de CPI, omissões do governo federal", disse Bolsonaro. "Uma jogadinha casada, Barroso e bancada de esquerda do Senado, para desgastar o governo. Eles não querem saber do que aconteceu com os bilhões desviados por governadores e alguns poucos prefeitos também", acrescentou, em referência a questionamento que faz constantemente sobre o uso do dinheiro enviado pela União para estados e municípios durante a crise sanitária.

O presidente questionou se o ministro teria "coragem moral" para abrir processos contra os seus colegas da Corte. "Agora, detalhe, lá dentro do Senado tem processo de impeachment contra ministro do Supremo Tribunal Federal, tem ou não tem? Eu quero saber se o Barroso vai ter coragem moral de instalar esse processo de impeachment também. Pelo que me parece, falta coragem moral para o Barroso e sobra ativismo judicial", afirmou. "Repito: se tiver moral, um pingo de moral, ministro Barroso, de abrir alguns dos processos de impeachment contra os seus colegas do Supremo Tribunal federal", reforçou. CONTINUA....

Anônimo disse...



VEJA.com – CONTINUA II.E TERMINA......

Bolsonaro também enfatizou que esse não é o momento para abrir uma CPI contra o governo federal, nem de fazer política. "Não é disso que o Brasil (precisa), vivendo um momento crítico, pessoas morrem e o ministro do Supremo Tribunal Federal faz politicalha junto ao Senado", disse. "Use a sua caneta para boas ações em defesa da vida e do povo brasileiro", acrescentou.

O presidente ainda citou a atuação do ministro como advogado antes de virar ministro do Supremo. "Barroso, nós conhecemos o seu passado, a sua vida, o que sempre defendeu, como chegou no Supremo Tribunal Federal, inclusive defendendo o terrorista Cesare Battisti", se referindo ao italiano que viveu no Brasil com status de exilado político, foi preso na Bolívia em janeiro de 2019 e extraditado para a Itália, onde é acusado de quatro assassinatos.

SOMBRA DIZ...
ATE QUANDO ESTE FP VAI CONTINUAR A APONTAR O DEDO PARA OS OUTROS QUANDO O PRINCIPAL RESPONSAVEL POR TODOS OS DESMANDOS E ELE E TODOS OS FPS QUE ELE DEU SEMEM PARA VIVER.
ETA VAGABUNDO SEM VERGONHA QUE AINDA NAO VIU QUE ELE E QUEM DA O TIRO NO PE, ELE E QUEM NAO TEM RESPONSABILIDADE. ELE QUE CONTINUA GASTANDO DINHEIRO A RODO PARA MANTER A FARSA DOS TRES PODERES DE MERDA PATROCINADOS PELA CONVARDIA, PUTARIA, SEM VERGONHICE DE QUARENTA PARTIDINHOS MULAMBENTOS DESTA REPUBLIQUETA DE MERDA.
A IMBECILIDADE DESTA CRIATURA QUE VIVE A PARTE DE TUDO QUANTO E PERFEITO NA NAÇAO E QUE PREFERE CONTINUAR ADMINISTRANDO O ESGOTO EM QUE ELE MESMO SE SUBMETEU E DESAPARECEU. MAR DE LAMA E MERDA INJUSTIFICAVEL. O REI CONTINUA RINDO, GASTANDO, GASTANDO, GASTANDO PARA ADMINISTRAR MAL E PORCAMENTE SUA PROPRIA FAMILIA.
VE SE OLHA PARA O EXEMPLO DA RAINHA ELISABETH II E PRINCIPE PHILIPPS VCE NAO PASSA DE UM MANDRIAO DE MERDA QUERENDO JUSTIFICAR A FALTA DE PALAVRA, A FALTA DE VERGONHA NA CARA E PRINCIPALMENTE SEUS INSTINTOS DE SUBDESENVOLVIDO DE MERDA QUE NAO SABE NADA DE NADICA DA VIDA DE CRISTO. BREVE TUDO VAI APARECER DE CABO A RABO. QUEM VIVER VERA.

Anônimo disse...

O presidente do Supremo Tribunal Federal - STF, ministro Luiz Fux, é judeu. Como será que ele - que votou pela proibição da realização de missas e cultos religiosos -, reagiria, ele e as instituições que representam os judeus e seus interesses, se um evangélico ou católico proibisse a realização de reuniões nas sinagogas?

Anônimo disse...

Bolsonaro usa, toda hora, o slogan “Brasil Acima de Tudo! Deus Acima de Todos”. Os deuses do Supremo têm certeza de que estão “acima de todos”.
Serrão, quem está dando todo esse poder ao STF? As Forças Armadas Brasileiras. Senão quem?
O único poder do STF é uma caneta?
Mao Tsé Tung o ditador comunista dizia: "Só reconheço um único poder: o que sai do cano do meu fuzil."
Nesse caso está havendo cumplicidade das Forças Armadas por conivência ou omissão.
As Forças Armadas sempre teve a obrigação de intervir nesses casos de desgoverno e subversão comunista. Onde estão elas agora. O gato comeu?
Estão traindo a Pátria por omissão, covardia ou cumplicidade com os globalistas comunista da Nova Ordem Mundial.
Sabemos que o Alto Comando das Forças Armadas Brasileiras está dominado por generais melancias. E o resto das tropas? Estão acovardados que não se insurgem contra essa Alta Traição à Pátria? Ah! Meu Deus, está tudo uma bagunça. Os globalistas comunistas conseguiram apodrecer todas as Forças Armadas do Mundo. Pode se ver no que está acontecendo hoje no mundo todo.

ALMANAKUT BRASIL disse...

QUEM COMENTA AQUI DEVERIA ENVIAR UM E-MAIL PARA ELES, E INCENTIVAR SEUS PRÓXIMOS A FAZEREM O MESMO!

sen.rodrigopacheco@senado.leg.br,sen.acirgurgacz@senado.leg.br,sen.alessandrovieira@senado.leg.br,sen.alvarodias@senado.leg.br,sen.angelocoronel@senado.leg.br,sen.antonioanastasia@senado.leg.br,sen.carlosfavaro@senado.leg.br,sen.carlosportinho@senado.leg.br,sen.carlosviana@senado.leg.br,sen.chicorodrigues@senado.leg.br,sen.cidgomes@senado.leg.br,sen.cironogueira@senado.leg.br,sen.confuciomoura@senado.leg.br,sen.confuciomoura@senado.leg.br,sen.daniellaribeiro@senado.leg.br,sen.darioberger@senado.leg.br,sen.davialcolumbre@senado.leg.br,sen.eduardobraga@senado.leg.br,sen.elizianegama@senado.leg.br,sen.elmanoferrer@senado.leg.br,sen.esperidiaoamin@senado.leg.br,sen.fabianocontarato@senado.leg.br,sen.fernandobezerracoelho@senado.leg.br,Sen.fernandocollor@senado.leg.br,sen.flavioarns@senado.leg.br,sen.flaviobolsonaro@senado.leg.br,sen.fernandobezerracoelho@senado.leg.br,sen.humbertocosta@senado.leg.br,sen.iraja@senado.leg.br,sen.izalcilucas@senado.leg.br,sen.jaqueswagner@senado.leg.br,sen.jarbasvasconcelos@senado.leg.br,Sen.JaymeCampos@senado.leg.br,sen.jeanpaulprates@senado.leg.br,sen.jorgekajuru@senado.leg.br,sen.jorginhomello@senado.leg.br,sen.joseserra@senado.leg.br,sen.katiaabreu@senado.leg.br,sen.lasiermartins@senado.leg.br,sen.leilabarros@senado.leg.br,sen.lucasbarreto@senado.leg.br,sen.luiscarlosheinze@senado.leg.br,sen.luizcarlosdocarmo@senado.leg.br,sen.mailzagomes@senado.leg.br,sen.maragabrilli@senado.leg.br,sen.marcelocastro@senado.leg.br,sen.marciobittar@senado.leg.br,sen.marcosdoval@senado.leg.br,sen.marcosrogerio@senado.leg.br,sen.mariadocarmoalves@senado.leg.br,sen.meciasdejesus@senado.leg.br,sen.nelsinhotrad@senado.leg.br,sen.nildagondim@senado.leg.br,sen.omaraziz@senado.leg.br,sen.oriovistoguimaraes@senado.leg.br,sen.ottoalencar@senado.leg.br,sen.paulopaim@senado.leg.br,sen.paulorocha@senado.leg.br,sen.pliniovalerio@senado.leg.br,sen.randolferodrigues@senado.leg.br,sen.reguffe@senado.leg.br,sen.renancalheiros@senado.leg.br,sen.robertorocha@senado.leg.br,sen.rodrigocunha@senado.leg.br,sen.rogeriocarvalho@senado.leg.br,sen.rogeriocarvalho@senado.leg.br,sen.romario@senado.leg.br,sen.rosedefreitas@senado.leg.br,sen.sergiopetecao@senado.leg.br,sen.simonetebet@senado.leg.br,sen.sorayathronicke@senado.leg.br,sen.styvensonvalentim@senado.leg.br,sen.tassojereissati@senado.leg.br,sen.telmariomota@senado.leg.br,sen.vanderlancardoso@senado.leg.br,sen.venezianovitaldorego@senado.leg.br,sen.wellingtonfagundes@senado.leg.br,sen.wellingtonfagundes@senado.leg.br,sen.wevertonrocha@senado.leg.br,sen.zenaidemaia@senado.leg.br,sen.zequinhamarinho@senado.leg.br

Vanderlei Lux disse...

Ouvi dizer que o princeso Philip morreu. 1 século se lambuzando da gloriosa ambrosia dos deuses: a monarquia humana.

Philip foi um dos que influenciou e financiou essa elite que hoje diz que o mundo está superpopuloso. Óbvio que para Philip, "mundo" significa somente África e América do Sul. Ásia (principalmente China!) nem pensar. Tanto que até devolveram Hong Kong para a China em um ato de "boa vontade" kkk.

Mudando de assunto: temos então um novo capítulo do BBB político tupiniquim? Bolanossauro no paredão? Pergunto ao novo comentarista da Joven Pan: Porquê o mecanismo iria se desfazer do seu mais glorioso bode expiatório que já surgiu nesse país?

Algum maçom iluminado consegue me responder a essa pergunta simples? Porquê se livrar do sujeito que vem servindo de "Boneco de Judas" para toda a sorte de inconstitucionalidades, irresponsabilidades e agendas de esquerdas no Brasil?

Eu mesmo respondo: por causa que o vice-presidente já acertou com o mecanismo a continuidade dos "planos de sempre".

Boa noite.

P.S.: Estou pouco me lixando para Bolsonaro. Se cair, não será por falta de avisos.